Leia também:
X Gabriel Monteiro desmente fake news de que foi agredido

Bolsonaro defende fim das restrições após fala da OMS

Presidente afirmou que declaração da entidade sobre transmissão da Covid pode acelerar reabertura

Paulo Moura - 09/06/2020 11h35 | atualizado em 09/06/2020 11h36

Bolsonaro durante reunião ministerial Foto: PR/Marcos Corrêa

Durante a reunião ministerial realizada na manhã desta terça-feira (9), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que diante dos recentes posicionamentos da Organização Mundial de Saúde (OMS), sobre a rara transmissão da Covid-19 de pacientes sem sintomas para outras pessoas, o fim das restrições de movimento pode ser agilizado.

– Então, com toda certeza, isso pode sinalizar para uma abertura mais rápida do comércio e a extinção daquelas medidas restritivas adotadas, segundo decisão do STF, pelos governadores e prefeitos – disse.

Bolsonaro também falou sobre a necessidade de questionar a recomendação de órgãos como a OMS, como ele tem feito, e não seguir ordens de forma “quase cega” como fizeram os governadores e prefeitos.

– Nós devemos sim seguir orientações desses órgãos, mas o debate, o contraditório e, principalmente, o efeito colateral dessas medidas, não podemos deixar de lado, como nosso governo não deixou de lado – declarou.

O chefe do Executivo disse esperar que nos próximos dias possam ser anunciadas medidas de reaberturas que, segundo ele, trarão benefícios para o Brasil e o mundo.

– O que nós mais queremos é voltar para a normalidade e o país retornar ao caminho da prosperidade – completou.

Leia também1 Bolsonaro detona desculpas da OMS: "Afetaram a economia"
2 Cadastro para o auxílio já pode ser feito nos Correios
3 Bolsa Família vai virar 'Renda Brasil' e incluir informais
4 Presidente Bolsonaro promove Filipe Martins a assessor chefe
5 Bolsonaro ironiza 'morte' de boneco do presidente em ato

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.