Leia também:
X Doria bate na casa da atriz Mariana Rios e gera mal-estar

Bolsonaro critica toque de recolher no DF: “É uma afronta”

Presidente afirmou que "é errada essa política de lockdown"

Pleno.News - 08/03/2021 21h47 | atualizado em 09/03/2021 10h18

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro criticou, nesta segunda-feira (8), a decisão do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, de determinar um toque de recolher em Brasília e de intensificar as medidas de lockdown. Em entrevista à CNN Brasil, Bolsonaro lamentou os “fechamentos indiscriminados”.

– Eu lamento os fechamentos indiscriminados, como estou vendo hoje, estou sabendo aqui em Brasília, toque de recolher. Isso é uma afronta. Isso é uma coisa inadmissível o que está acontecendo – apontou o presidente.

A decisão foi tomada por Ibaneis Rocha como uma forma de conter a Covid-19 e irá durar até o dia 22 de março. Para Bolsonaro, no entanto, o lockdown é uma “medida equivocada”.

– O lockdown deixa mais pobre quem já é pobre. Então, quero criticar sim a decisão do governador de Brasília, porque sou cidadão e moro em Brasília […] O lockdown leva sim ao desemprego e vai levar à fome, à miséria. Peço a Deus que esteja errado, mas pode levar à violência e a ações que há muito tempo não assistimos aqui, no Brasil. Não é uma política equivocada não, é errada essa política de lockdown. Saúde e economia têm que andar de mãos dadas – destacou.

Ao veículo, o presidente também comentou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre as medidas de lockdown.

– Eu lamento que o Supremo tenha decidido lá, atrás, como sendo concorrente dessas decisões […] Com todo o respeito que tenho pelos Poderes aqui, no Brasil, não pode em município um prefeito com menos de mil eleitores ter mais poderes que o presidente da República, que tem mais de 58 milhões de votos – afirmou.

Leia também1 Covid: Ibaneis Rocha prorroga o fechamento do comércio no DF
2 Kataguiri sobre STF liberar Lula: 'Bolsonaro acaba de ser reeleito'
3 Dilma se revolta com Ciro Gomes e fala em ‘retórica machista’
4 Bolsonaro: "O povo não quer um candidato como Lula em 2022"
5 Bolsonaro: "Estou namorando um partido onde eu seria dono"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.