Leia também:
X Aras vai intimar Braga Netto a explicar suposta ameaça

Bolsonaro concede medalha Oswaldo Cruz à primeira-dama

Outros 24 aliados do governo também receberam a honraria

Monique Mello - 28/07/2021 13h39 | atualizado em 28/07/2021 13h51

Michelle e Jair Bolsonaro Foto: PR/Carolina Antunes

O presidente Jair Bolsonaro concedeu à esposa, a primeira-dama Michelle Bolsonaro, a Medalha do Mérito Oswaldo Cruz na categoria ouro. A homenagem foi publicada na edição desta quarta-feira (28) do Diário Oficial da União (DOU). Além de Michelle, mais 24 aliados do governo foram condecorados.

A honraria, criada em 1970, reconhece a atuação destacada no campo das atividades científicas, educacionais, culturais e administrativas.

Ao todo, 12 ministros vão receber a Medalha Oswaldo Cruz. São eles: Carlos Alberto França (Relações Exteriores); Fábio Faria (Comunicações); Flávia Arruda (Secretaria de Governo); Gilson Machado (Turismo); João Roma (Cidadania); Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral da Presidência); Milton Ribeiro (Educação); Paulo Guedes (Economia); Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional); Tarcísio de Freitas (Infraestrutura); Tereza Cristina (Agricultura); e Walter Braga Netto (Defesa).

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e o da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), também foram agraciados, assim como o chefe de gabinete de Bolsonaro, Célio Faria Junior; o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna; e o diretor de Logística em Saúde da Secretaria-executiva do Ministério da Saúde, Ridauto Fernandes.

 

Leia também1 Michelle Bolsonaro e Damares vão aos Jogos Paralímpicos
2 Jair Bolsonaro diz que general Luiz Eduardo Ramos "é nota 9"
3 Jair Bolsonaro sobre 2022: "Devo disputar, não posso garantir"
4 Jornalista diz que Bolsonaro é o "Borba Gato de hoje"
5 Governo Federal publica decreto que regula a Lei Rouanet

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.