Leia também:
X São Paulo vai vacinar alunos em escolas, sem a presença dos pais

Bolsonaro comenta visita a monumento: ‘Soldado é soldado’

Presidente se manifestou, por meio das redes sociais, nesta quinta-feira

Pleno.News - 17/02/2022 10h48 | atualizado em 17/02/2022 10h59

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

Na abertura de seus compromissos em Moscou, na Rússia, nesta quarta-feira (16) o presidente Jair Bolsonaro iniciou sua agenda oficial com uma homenagem aos militares soviéticos mortos na Segunda Guerra Mundial. O presidente participou de uma rápida cerimônia e deixou uma coroa de flores no Túmulo do Soldado Desconhecido, no Jardim de Alexandre, próximo à muralha do Kremlin.

Bolsonaro afirmou que o marco “é para relembrar as perdas humanas da URSS durante a Segunda Guerra Mundial”. Em uma publicação no Facebook, nesta quinta-feira (17), o presidente brasileiro compartilhou um vídeo e destacou que “soldado é simplesmente soldado”.

A ida ao túmulo é um costume em visitais oficiais de chefes de Estado à Rússia. Outros presidentes brasileiros que foram a Moscou, como Michel Temer, também visitaram o túmulo.

No passado, a União Soviética, da qual a Rússia fez parte, era comandada pelo Partido Comunista. Portanto, os soldados homenageados no marco, que foi inaugurado no fim da década de 60, integravam o braço armado do comunismo e lutavam contra o avanço do nazifascismo na Europa, de acordo com informações do Metrópoles.

Leia também1 Jair Bolsonaro visita Túmulo do Soldado Desconhecido na Rússia
2 Jair Bolsonaro ficou em hotel bancado pelo governo russo
3 Bolsonaro se diz 'constrangido' após Fachin acusar Rússia
4 Vladimir Putin aceita convite de Bolsonaro para visitar o Brasil
5 'Por coincidência ou não, parte das tropas deixaram a fronteira'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.