Leia também:
X Ameaça de atentado em escola assusta pais e professores

Bolsonaro comenta derrubada de Moraes na redução do IPI

Presidente havia assinado decretos no mês passado

Monique Mello - 11/05/2022 17h08 | atualizado em 11/05/2022 17h54

Jair Bolsonaro e Alexandre de Moraes Fotos: Alan Santos/PR // Joédson Alves/EFE

Na manhã desta quarta-feira (11), o presidente Jair Bolsonaro (PL) conversou com apoiadores sobre a alta da inflação e os impostos no Brasil. Ele comentou acerca da suspensão de trechos dos decretos que reduzem as alíquotas do IPI sobre mercadorias de todo o país pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

– Quando eu baixei o IPI, não quer dizer que na ponta da linha abaixo o preço das coisas, mas não subiu. Infelizmente o Supremo derrubou; o Supremo não, o Alexandre de Moraes derrubou parte do IPI – declarou aos apoiadores.

Os decretos que reduziram o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) no país foram assinados por Bolsonaro em abril. Logo depois, sofreram represália da Organização dos Advogados do Brasil (OAB) e da bancada federal amazonense. Este último teve o pedido acatado por Moraes, que suspendeu os decretos.

Ainda na conversa com os apoiadores, na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro defendeu que o combustível está caro no mundo todo.

– Acabei de conversar com brasileiro que está na Inglaterra e ele falou do custo de vida lá, inclusive, hábitos alimentares foram mudados porque a crise é no mundo todo. Estou com uma senhora aqui que mora no Canadá. O preço do combustível no Canadá como está? – perguntou.

A apoiadora confirmou que o litro do combustível no Canadá está US$ 2 (pouco mais de R$ 10). O preço da carne, sobretudo da picanha, também foi citado, em comparação a outros países. Veja:

Leia também1 Moraes suspende decreto de Bolsonaro sobre corte de IPI
2 Moraes une inquérito de milícias digitais a apuração de Bolsonaro
3 Governo decide zerar imposto de importação de sete alimentos
4 Defesa de Daniel Silveira pede audiência com Moraes
5 Conheça Adolfo Sachsida, novo ministro de Minas e Energia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.