Leia também:
X Ladrão rouba casa e deixa pedido de desculpas na parede

Bolsonaro: “Cheque de R$ 24 mil foi dívida de ex-assessor”

Valor foi depositado na conta da futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro

Henrique Gimenes - 07/12/2018 21h22

O presidente eleito Jair Bolsonaro Foto: Agência Brasil/Valter Campanato

Nesta sexta-feira (7), o presidente eleito, Jair Bolsonaro, falou sobre um pagamento realizado pelo ex-assessor Fabrício José de Queiroz à futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro. De acordo com ele, o cheque, no valor de R$ 24 mil, seria o pagamento de uma dívida.

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) apontou a transação como atípica em um relatório que foi enviado ao Ministério Público Federal. Ao site O Antagonista, Bolsonaro disse que a dívida total com o ex-assessor era de R$ 40 mil.

– Emprestei dinheiro para ele em outras oportunidades. Nessa última agora, ele estava com um problema financeiro e uma dívida que ele tinha comigo se acumulou. Não foram R$ 24 mil, foram R$ 40 mil. Se o Coaf quiser retroagir um pouquinho mais, vai achar os R$ 40 mil – explicou.

Com relação ao valor ter entrado na conta da futura primeira-dama, o presidente eleito disse que o motivo é por ele não ter tempo para sair. Jair Bolsonaro disse ainda que não pretende esconder nada.

– Eu podia ter botado na minha conta. Foi para a conta da minha esposa, porque eu não tenho tempo de sair. Essa é a história, nada além disso. Não quero esconder nada, não é nossa intenção – apontou.

O Coaf aponta que o ex-assessor teria movimentado R$ 1,2 milhão em um período de um ano, considerado como “atípico” por ser incompatível com o patrimônio e com a atividade econômica do ex-assessor.

Leia também1 Flávio Bolsonaro: "Quem for suspeito deve ser investigado"
2 Câmara: 8 deputados querem disputar a presidência da Casa

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.