Leia também:
X Polícia mata ex-PM, um dos homens mais procurados do RJ

Bolsonaro chama acusação de Moro sobre a PF de “caluniosa”

Presidente afirmou que foi acusado "do nada" e que é impossível interferir na corporação

Paulo Moura - 16/10/2020 08h34 | atualizado em 16/10/2020 14h57

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Alan Santos

Durante sua tradicional live exibida na noite de quinta-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, pelas acusações de que o chefe do Executivo teria interferido politicamente na Polícia Federal (PF). Ao lado do atual ministro, André Mendonça, o presidente chamou a questão de “denunciação caluniosa”.

– E aí me acusam, naquele processo lá, daquele cara, de interferência na PF. Não tem nada. Não acharam nada sobre interferência na PF. Inclusive, eu acho aquilo uma denunciação caluniosa – disse.

Bolsonaro também disse que foi acusado “do nada” e reforçou que é impossível interferir na corporação. O presidente ainda destacou que vai esperar o desfecho da investigação para decidir o que fará sobre o caso.

– Vamos esperar o processo chegar ao final para ver o que fazer. Uma pessoa que resolveu me acusar do nada – completou.

Leia também1 Sobrinho de Bolsonaro se demite do gabinete de Chico Rodrigues
2 Bolsonaro sobre chefão do PCC: "Jamais botaria em liberdade"
3 Bolsonaro apresenta kit de 'ética e cidadania' no lugar do 'kit gay'
4 Doria "cobra" Bolsonaro por mais verba para vacina chinesa
5 Bolsonaro critica 'má-fé' da imprensa: "Zero de corrupção"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.