Leia também:
X Ex-PGR, Rodrigo Janot cogita disputar cargo nas eleições

Bolsonaro cancela homenagem a pesquisador contra a cloroquina

Governo havia concedido honraria ao infectologista Marcus Lacerda, mas revogou o decreto com a medida

Pleno.News - 05/11/2021 15h11 | atualizado em 05/11/2021 16h42

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Agência Brasil/Antonio Cruz

Um dia depois de assinar um decreto que prestava homenagem a um pesquisador brasileiro contrário ao uso da cloroquina no tratamento da Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro mudou de ideia. Em um novo decreto publicado nesta sexta-feira (5), Bolsonaro revogou a Ordem Nacional do Mérito Científico dada a Marcus Lacerda.

Lacerda foi responsável por um estudo que demonstrou uma ineficácia do uso da cloroquina contra a doença. A pesquisa conduzida pelo infectologista em março de 2020 apontou que as doses do medicamento similares às usadas contra lúpus e malária não tinham eficácia no combate à Covid. Já doses maiores causavam arritmia cardíaca.

O decreto inicial, que concedia a horaria Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico ao pesquisador, foi publicado nesta quinta-feira (4), mas a revogação da homenagem ocorreu hoje.

Além de Lacerda, Bolsonaro também “cancelou” a mesma homenagem a Adele Benzaken, que foi diretora do departamento de HIV/Aids do Ministério da Saúde. Ela deixou o cargo em 2019, após uma polêmica envolvendo uma cartilha destinada a homens trans.

Leia também1 André Marinho: "Jovem Pan quis fidelizar público bolsonarista"
2 'Agora vai', diz Bolsonaro sobre investigação no caso da facada
3 Pacheco cogita medida 'drástica' para sabatina de Mendonça
4 CPI planeja ‘tour’ internacional para entregar relatório
5 Dias Toffoli será relator de ação da Rede contra Jair Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.