Leia também:
X Pará fará lockdown em 10 cidades a partir de quinta-feira

Bolsonaro avalia divulgar conversas que teve com Moro

Segundo jornal, presidente disse a amigos que se sentia aliviado por não ter apagado as mensagens com o ex-ministro

Pleno.News - 05/05/2020 17h55 | atualizado em 05/05/2020 20h37

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro considera divulgar o conteúdo de mensagens e áudios trocados com o ex-ministro da Justiça Sergio Moro. Nesta terça-feira (5), foi divulgada a íntegra do depoimento prestado por Moro no sábado (2).

Nos últimos dias, o presidente disse a amigos e aliados, segundo relatos feitos à reportagem, que se sentia aliviado por não ter apagado as mensagens trocadas com o então ministro ao longo do governo. Para resguardar o sigilo das conversas, Bolsonaro tem como hábito apagar de seu celular muitos de seus diálogos com ministros e deputados.

No fim de semana, de acordo com um auxiliar palaciano, Bolsonaro avaliou que pode, inclusive, divulgar trechos do material nas redes sociais caso não concorde com a interpretação feita por Moro sobre conversas travadas entre os dois. A ideia seria, assim, fazer um contraponto à versão do ex-juiz.

Segundo um amigo do presidente, Bolsonaro disse que se esqueceu de eliminar as conversas com Moro e ressaltou ter ao menos uma ideia do que o ex-ministro usou para acusá-lo.

A quem o visitou nos últimos dias, o presidente tem repetido que Moro não tem provas e o mais sensível que há nos diálogos entre eles são palavrões proferidos pelo presidente.

O chefe do Executivo reclamou da forma como o ex-ministro saiu do governo, porque disse que tentou conversar com ele e até com o ex-diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, durante os três dias que antecedera a demissão de Moro.

*Folhapress/Gustavo Uribe e Julia Chaib

Leia também1 Maia faz críticas a texto de socorro a estados do Senado
2 Carlos: Moro quer se promover em cima de Jair Bolsonaro
3 Toffoli libera post do governo a favor do regime militar
4 Bolsonaro convida fotógrafo agredido em ato para almoço
5 Moro cita ministros como testemunhas em depoimento

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.