Leia também:
X Luciano Hang rebate Miriam Leitão: “Vá para Venezuela”

“Bolsonaro argentino” está em São Paulo para o CPAC Brasil

Conservador chileno José Antonio Kast também participa do evento

Monique Mello - 12/06/2022 12h19 | atualizado em 13/06/2022 11h28

Javier Milei, Eduardo Bolsonaro e José Antonio Kast Foto: Divulgação/CPAC

O deputado federal argentino Javier Milei está no Brasil participando do CPAC Brasil, maior evento conservador do mundo, que ocorre neste fim de semana em Campinas, São Paulo, no Royal Palm Hall. Além de Milei, também está presente no evento o republicano José Antonio Kast, que disputou as eleições presidenciais no Chile em 2021.

No início da tarde deste domingo (12), os dois políticos da América Latina dividiram o palco com o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP). Antes da palestra, Eduardo compartilhou uma foto com a dupla chamando-os de “futuros presidentes da Argentina e do Chile”.

Apelidado de “Bolsonaro argentino”, Javier Milei é ferrenho defensor do liberalismo econômico, contrário ao aborto e a favor da liberação do porte de armas. O político também apresenta fortes críticas ao socialismo.

O CPAC (sigla para Conservative Political Action Conference) foi criado nos Estados Unidos em 1973 e acontece no Brasil desde 2019, reunindo políticos, lideranças conservadoras e ativistas. A edição deste ano conta com figuras como os deputados Daniel Silveira (PTB) e Carla Zambeli (PL), o vereador Nikolas Ferreira (PL) e o pré-candidato ao governo de SP, Tarcísio de Freitas (Republicanos).

Leia também1 Fenômeno na eleição argentina admira Trump e Bolsonaro
2 'Bolsonaro argentino' sorteia salário entre mais de 1 milhão de inscritos
3 Luciano Hang rebate Miriam Leitão: “Vá para Venezuela”
4 Sergio Moro e outros repercutem falas de Fux sobre a Lava Jato
5 Randolfe pede explicações da Defesa sobre ofício ao TSE

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.