Leia também:
X 67 cidades brasileiras seguem sem casos de coronavírus

Bolsonaro anuncia ajuda ao Líbano e convida Temer

Presidente participou de videoconferência internacional, neste domingo

Pleno.News - 09/08/2020 11h07 | atualizado em 09/08/2020 14h07

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Marcos Corrêa

Na manhã deste domingo (9), o presidente Jair Bolsonaro anunciou uma missão de apoio ao Líbano. A declaração foi dada durante uma videoconferência internacional, transmitida pelas redes sociais dele.

Outros chefes de estado, incluindo os presidentes do Líbano, Michel Aoun, da França, Emmanuel Macron, e dos EUA, Donald Trump, participaram da videoconferência.

Bolsonaro convidou o ex-presidente brasileiro Michel Temer, que é filho de libaneses, para chefiar a missão de ajuda.

– Estamos acertando com o governo libanês o envio de uma equipe técnica multidisciplinar para colaborar na realização da perícia da explosão. Convidei como meu enviado especial e chefe dessa missão o senhor Michel temer, filho de libaneses e ex-presidente do Brasil – declarou.

O presidente brasileiro falou ainda sobre outros detalhes do apoio.

– Nos próximos dias partirá do Brasil rumo ao Líbano uma aeronave da Força Aérea Brasileira, com medicamentos e insumos básicos de saúde, reunidos pela comunidade libanesa radicada no Brasil. Também estamos preparando o envio, por via marítima, de 4 mil toneladas de arroz para atenuar as consequências das perdas de estoque de cereais destruídos na explosão – garantiu Bolsonaro.

A explosão que aconteceu na zona portuária de Beirute, na última terça-feira (4), deixou mais de 150 mortos e 3 mil feridos, além de dezenas de pessoas desaparecidas. Bairros inteiros da cidade foram atingidos e, portanto, devastados, resultando em mais de 300 mil desabrigados.

Leia também1 Líbano: Explosão abriu cratera de 43 metros de profundidade
2 Beirute tem mais de 60 desaparecidos após explosão
3 Brasileiros levarão pele de tilápia para tratar feridos no Líbano
4 Ator e esposa doam R$ 542 mil para instituições do Líbano
5 Brasileira no Líbano: "Ficamos com medo de ser um ataque"

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.