Leia também:
X Ministro Tarcísio detona Haddad após crítica “errada” do petista

Bolsonaro agradece agricultores por “não se mostrarem frouxos”

Presidente parabenizou produtores rurais por continuarem abastecendo o país em meio à pandemia

Gabriela Doria - 18/11/2020 14h48

Presidente Jair Bolsonaro acenando para produtores rurais durante evento de entrega de título de propriedades rurais
Presidente Jair Bolsonaro agradeceu a produtores rurais por continuarem produção de alimentos durante a pandemia Foto: PR/Isac Nóbrega

Depois de dizer que o Brasil precisa deixar de ser um país de “maricas” e enfrentar o novo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro parabenizou, nesta quarta-feira (18), produtores rurais por não terem sido “frouxos” durante a pandemia da Covid-19, em referência a uma passagem bíblica. Em evento de entrega de títulos rurais em Goiás, Bolsonaro voltou a agradecer ao homem do campo por não ter parado suas atividades durante a crise sanitária do novo coronavírus.

– Graças a vocês (agricultores) que não pararam, nós da cidade continuamos sobrevivendo. Se ‘o fica em casa, a economia a gente vê depois’ fosse aplicado no campo teríamos desabastecimento, fome, miséria e problemas sociais. Parabéns a vocês que não se mostraram frouxos na hora da angústia, como diz a passagem bíblica – declarou.

Na sequência, o presidente citou que respeita todas as religiões e afirmou que a Bíblia é uma “caixinha de ferramenta para consertar o corpo humano”.

No início de seu discurso, o presidente mencionou passagem bíblica que diz “se te mostrares frouxo no dia da angústia, sua força será pequena” (Provérbios 24, 10). O trecho bíblico já havia sido citado pelo chefe do Executivo em suas redes sociais, quando compartilhou fala traduzida do presidente Vladimir Putin, da Rússia, em que elogia a atuação de Bolsonaro durante a pandemia.

No evento de hoje, Bolsonaro foi chamado de “libertador dos assentados” por um produtor rural agraciado com um título de propriedade.

– Bolsonaro não é princesa Isabel mas é o libertador de todos os assentados – disse o produtor.

*Estadão

Leia também1 Jair Bolsonaro reclama: 'Tem que deixar de ser um país de maricas'
2 Ministro Tarcísio detona Haddad após crítica "errada" do petista
3 Em SP, Covas tem 48% e Boulos 32%, aponta pesquisa XP/Ipespe
4 Maia: Ciclo que elegeu Bolsonaro só deve se repetir em 40 anos
5 Violência: Jovens negros são maioria das vítimas no Brasil

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.