Leia também:
X Bruno Gagliasso e Fernando Collor discutem nas redes sociais

Bolsonaro afirma que poderá dar novo apoio a municípios

Presidente ressaltou que dará apoio financeiro às cidades, caso seja necessário

Pleno.News - 10/02/2021 15h05 | atualizado em 10/02/2021 16h27

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Agência Estado/Wagner Pires

Em agenda com prefeitos nesta quarta-feira (10), o presidente Jair Bolsonaro indicou que o governo poderá dar novo apoio a municípios neste ano. O chefe do Executivo voltou a dizer que as medidas “na pronta linha” de combate à pandemia da Covid-19 foram tomadas por governadores e prefeitos, enquanto ao governo federal coube enviar “recursos e meios”.

– O presidente foi deixado de lado em grande parte das suas atribuições, a não ser mandar recursos e meios, o que nós fizemos. Se for preciso, no corrente ano, a gente vai continuar com esse atendimento a vocês (prefeitos) porque vocês não têm quem socorrê-los – disse o presidente em breve reunião com prefeitos no Ministério da Educação.

No ano passado, o governo federal direcionou socorro financeiro a estados e municípios para o enfrentamento da crise sanitária do novo coronavírus. Nesta quarta-feira, Bolsonaro também reforçou que uma nova rodada do auxílio emergencial está sendo discutida pelo governo. A equipe econômica analisa o pagamento de novas parcelas.

– A arrecadação esteve praticamente equivalente no município, tendo em vista o auxílio emergencial que volta a ser rediscutido. Não é dinheiro que eu estou tirando do cofre, é endividamento. Isso é terrível também – declarou Bolsonaro, que ainda fez um apelo aos prefeitos para que evitem novas medidas de fechamento do comércio.

Após a visita ao MEC, Bolsonaro se deslocou para o Ministério da Defesa. O chefe do Executivo participou de almoço seguido de reunião com o ministro da pasta, Fernando Azevedo. O ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, também participou do encontro.

*Estadão

Leia também1 Bruno Gagliasso e Fernando Collor discutem nas redes sociais
2 Equipe de Paulo Guedes é contra recriar CPMF para bancar auxílio
3 Justiça arquiva inquérito contra advogado que chamou Bolsonaro de "genocida" na CNN
4 Anvisa pedirá veto a prazo de 5 dias para liberação de vacinas
5 Rachadinhas: Presidente do STJ dá voto pró-Flávio Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.