Leia também:
X Governador de Santa Catarina é diagnosticado com Covid-19

Bolsonaro acredita que PL das Fake News “não vai vingar”

Projeto foi criticado por políticos e internautas

Rafael Ramos - 01/07/2020 13h27 | atualizado em 01/07/2020 14h28

Bolsonaro acha que Lei das Fake News não vai vigorar Foto: PR/Isac Nóbrega

Com 44 a 32, o PL2630/20 foi aprovado no Senado por meio de votação realizada nesta terça-feira (30). Entretanto, a chamada Lei das Fake News, ou Lei da Censura como alguns nomearam, pode não vingar. Pelo menos é o que pensa o presidente Jair Bolsonaro.

– Acho que na Câmara vai ser difícil ser aprovado. Se for, cabe a nós a possibilidade do veto. Acho que não vai vingar esse projeto. Tem que ter liberdade. Ninguém mais do que eu é criticado na internet. Eu nunca reclamei. No meu Facebook, quando o cara faz baixaria, eu bloqueio. Direito meu! – declarou o presidente a apoiadores, nesta quarta-feia (1º), na saída Palácio da Alvorada.

O projeto foi criado pelo senador Alessandro Vieira e recebeu críticas de parlamentares, como Eduardo Bolsonaro, Carla Zambelli, Gil Diniz e Caroline De Toni. Também contrário ao PL, o senador Arolde de Oliveira se pronunciou na véspera da votação pelas redes sociais.

– Não podemos usar o combate às fake news como pretexto para acabar com a liberdade de expressão nas redes sociais, como pretende o PL 2630. O alvo é a liberdade que desfrutamos na internet. Absurdo que tem como objetivo reduzir o poder de comunicação na internet em favor das mídias tradicionais intermediadas, as quais manipulam os fatos em apoio ao conluio que opera contra o presidente – opinou.

Leia também1 Internautas se posicionam contra a Lei das Fake News
2 Em enquete do Enem, maioria escolhe adiar prova para maio
3 Central de crimes cibernéticos recebe 2500 denúncias por dia
4 Ex-líder do governo Witzel é investigado por rachadinha
5 Carro do comboio presidencial se envolve em acidente

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.