Leia também:
X Vice-presidente da Câmara critica Mourão e Bolsonaro

Barroso tratou com presidente do WhatsApp sobre novo recurso

A conversa ocorreu por chamada de vídeo

Monique Mello - 18/04/2022 16h29 | atualizado em 18/04/2022 16h54

Ministro Luís Roberto Barroso Foto: STF/Nelson Jr

O novo recurso anunciado pelo WhatsApp denominado “comunidades” foi tratado diretamente entre o presidente da plataforma, Will Cathcart, e o ministro Luís Roberto Barroso. A reunião ocorreu por chamada de vídeo, quando Barroso ainda era presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), de acordo com a agência de notícias Folhapress.

Diante da proximidade do pleito de 2022 no Brasil, Will Cathcart garantiu a Barroso que não implementará a ferramenta até o fim das eleições, mesmo em caso de segundo turno. A empresa não assegurou, contudo, que esperará até a posse presidencial. A previsão é de que as comunidades sejam lançadas em novembro.

Para Barroso, seria prejudicial ampliar o alcance dos grupos de WhatsApp antes do pleito.

O presidente Jair Bolsonaro já se pronunciou sobre o tema, na última sexta-feira (15). De acordo com o chefe do Executivo, esse acordo é “inadmissível, inaceitável e não vai ser cumprido”.

Leia também1 Barroso sugere que Bolsonaro é o 'inimigo' contra 'poderes do bem'
2 Bolsonaro "desafia" Moraes a prendê-lo por questionar o processo eleitoral
3 Bolsonaro afirma que projeto de lei das fake news é 'um desastre para a informação'
4 STF desmente fala atribuída a Luís Barroso sobre Bolsonaro
5 Presidente Jair Bolsonaro ironiza ministros do TSE: "Queridos"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.