Leia também:
X Braço-direito de Beira-Mar havia aceitado a Jesus e se batizado

Barroso sugere que Bolsonaro é o ‘inimigo’ contra ‘poderes do bem’

"Nós somos muito poderosos", disse o ministro

Monique Mello - 12/04/2022 13h55 | atualizado em 12/04/2022 15h41

Ministro Luís Roberto Barroso Foto: STF/Nelson Jr

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF) sugeriu que o presidente Jair Bolsonaro seja um “inimigo” do lado oposto aos “poderes do bem”. As declarações foram feitas durante sua participação em um painel da Brazil Conference, realizado neste domingo (10).

O ministro interagiu com a deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP), que disse “morrer de medo” das eleições deste ano e da reeleição de Bolsonaro.

– Eu não gostaria de ter uma narrativa que está tudo desmoronando. É preciso ter uma compreensão crítica de que há coisas ruins acontecendo, mas é preciso não supervalorizar o inimigo. Nós somos muito poderosos. Nós somos a democracia. Nós somos os poderes do bem – declarou Barroso em resposta.

– Saíram à luz do dia os homofóbicos, os misóginos, os racistas. É preciso enfrentá-los, mas sem a sensação de que nós perdemos. A causa das mulheres, a causa do meio ambiente, a causa da igualdade racial, a causa da proteção indígena não são causas progressistas, essas são causas da humanidade – completou, sem citar o presidente, já muito citado anteriormente por Tabata Amaral.

Leia também1 Bolsonaro: Barroso, Moraes e Fachin querem censurar redes
2 "Se depender do Fachin, Lula será presidente", diz Bolsonaro
3 Malafaia: Lula vive como rico, mas quer ditar o que povo pode ter
4 Ciro Nogueira diz que Lula é "cabo eleitoral" de Bolsonaro
5 Lula tenta desmentir a própria declaração sobre classe média

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.