Leia também:
X Em editorial, Jovem Pan ‘dá lição’ ao Supremo Tribunal Federal

Barroso rejeita ação de Ludmilla contra deputado bolsonarista

Funkeira acionou o STF porque Junio Amaral (PSL-MG) a chamou de “garota propaganda do tráfico”

Ana Luiza Menezes - 12/03/2021 19h31 | atualizado em 12/03/2021 19h35

Ludmilla Foto: Reprodução

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou contra a abertura de uma ação penal contra o deputado federal Junio Amaral (PSL-MG). Ludmilla acusou o parlamentar de calúnia, injúria e difamação.

A funkeira acionou a Justiça depois que Junio a chamou de “garota propaganda do tráfico”, por conta do videoclipe da música “Verdinha”. Segundo o deputado, Ludmilla fez apologia do plantio, venda e consumo de maconha.

– Muitas vagas nos hospitais são ocupadas por viciados e por vítimas da violência gerada pelo tráfico. Milhões de famílias destruídas por causa das drogas e você incentivando essa desgraça. Esse lixo de música não é só mais um crime, mas uma ferramenta de tragédias no país – disse Amaral, em uma rede social.

A queixa-crime apresentada pela cantora ao STF começou a ser julgada nesta sexta-feira (12), no plenário virtual. Porém, Barroso, relator do caso, disse que as declarações de Junio Amaral sobre Ludmilla estão protegidas pela imunidade material, visto que têm relação com o combate à criminalidade.

– O deputado federal, dirigindo-se ao seu eleitorado, levando em conta a conclusão que fez sobre a música composta e interpretada pela querelante, aborda questões relacionadas ao combate ao crime, em especial ao tráfico de drogas, o que pode ser compreendido como destacado tema de sua pauta institucional – defendeu Barroso, em seu voto.

O julgamento continua até a próxima semana, com o votos dos outros ministros.

Leia também1 Pai de Ludmilla nega chantagem e extorsão: Quero me aproximar
2 Mãe de Ludmilla acusa pai da cantora de chantagear a artista
3 Ludmilla fala sobre sua célula religiosa: 'Todos são bem-vindos'
4 Ludmilla: 'Não tenho pretensão nenhuma' em ser cantora gospel
5 Em vídeo, vereadora chama cantora Ludmilla de maconheira

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.