Leia também:
X STF alcança maioria por plano contra “letalidade policial” no RJ

Barroso: Impeachment de Dilma foi por falta de apoio político

Em texto, ministro apontou que "afastá-la por corrupção depois do que se seguiu seria uma ironia da história"

Pleno.News - 03/02/2022 10h56 | atualizado em 03/02/2022 12h27

Ministro Luís Roberto Barroso Foto: STF/Carlos Moura

Em um artigo publicado na edição de estreia da revista do Centro Brasileiro de Relações Internacionais (Cebri), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso escreveu que o “motivo real” para o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) foi perda de sustentação política, e não as pedaladas fiscais. As informações são da coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

-A justificativa formal foram as denominadas “pedaladas fiscais” —violação de normas orçamentárias—, embora o motivo real tenha sido a perda de sustentação política – apontou Barroso no texto.

O ministro diz acreditar não “haver dúvida razoável de que ela [Dilma] não foi afastada por crimes de responsabilidade ou corrupção, mas, sim, foi afastada por perda de sustentação política. Até porque afastá-la por corrupção depois do que se seguiu seria uma ironia da história”.

Barroso também fez referência à sequência do mandato, que foi assumido por Michel Temer (MDB), que era vice de Dilma.

– O vice-presidente Michel Temer assumiu o cargo até a conclusão do mandato, tendo procurado implementar uma agenda liberal, cujo êxito foi abalado por sucessivas acusações de corrupção. Em duas oportunidades, a Câmara dos Deputados impediu a instauração de ações penais contra o presidente – escreveu.

Leia também1 Justiça arquiva inquérito sobre tuítes que zombaram de facada
2 Bolsonaro publica postagem em inglês com apoio a Joe Rogan
3 Covid: Zambelli aciona Saúde do RJ para testar elenco do BBB
4 Aras quer intimar Renan e Aziz em ação movida por Carlos B.
5 Alexandre Frota quer impor passaporte vacinal nas eleições

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.