Leia também:
X Jair Bolsonaro tem 24 vezes mais seguidores no Telegram que Lula

Barroso defende um ‘controle de comportamento’ na internet

Em evento do TSE, ministro falou sobre uma live do presidente Jair Bolsonaro e defendeu controles nas redes sociais

Henrique Gimenes - 26/10/2021 14h34 | atualizado em 26/10/2021 15h12

Ministro Luís Roberto Barroso Foto: EFE/Joédson Alves

Nesta terça-feira (26), o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu um “controle de comportamentos, conteúdos ilícitos e da desinformação”. A declaração foi feita por Barroso durante um evento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para falar sobre fake news.

Barroso, que é presidente do TSE, citou o episódio da live de Jair Bolsonaro que foi derrubada nas redes sociais após o presidente ler uma reportagem que relacionava vacinas contra a Covid-19 à Aids.

– Precisamos enfrentar a desinformação, sobretudo quando ela ofereça grave risco para a democracia ou para a saúde. Um exemplo, ocorrido de ontem pra hoje no Brasil, diz respeito à supressão da live de uma manifestação de uma autoridade pública que dizia que a vacinação oferecia o risco de contaminação pela Aids. Um absurdo sem nenhuma confirmação científica e que desincentivaria as pessoas a se vacinarem, num mundo em que todas as autoridades médicas defendem a importância da vacinação – destacou.

O ministro então defendeu o controle sobre conteúdos que ameacem “a saúde e a democracia”.

– Portanto, há desinformações que comprometem a democracia e a saúde pública. Então é preciso ter algum tipo de controle de comportamentos, conteúdos ilícitos e da desinformação que ofereça perigos para valores caros da sociedade, como a saúde e a democracia – destacou Barroso.

Leia também1 Tabata apresenta queixa-crime contra Eduardo Bolsonaro
2 Renan inclui nome do senador Heinze entre indiciados da CPI
3 Renan ataca Bolsonaro: 'Serial killer tem compulsão por morte'
4 Conheça Alexandre Cordeiro, cotado como opção a Mendonça
5 TSE pede a Moraes provas de inquéritos contra Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.