Leia também:
X Área perto do TSE é renomeada no Maps para “Xandãoquistão”

Barroso: “Criaram lenda de que o Judiciário é contra o presidente”

Ministro afirmou que o STF não tem lado político

Thamirys Andrade - 14/11/2022 13h59 | atualizado em 14/11/2022 14h40

Luís Roberto Barroso Foto: Reprodução / Youtube

Durante discurso em evento realizado em Nova Iorque nesta segunda-feira (14), o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), declarou que a ideia de que a Corte é contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) é uma “lenda”. Segundo o magistrado, o STF não tem um lado, somente o das instituições.

– Criou-se uma lenda no Brasil de que o Supremo Tribunal Federal é contra o presidente. Todos os presidentes tiveram queixas do Supremo, Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff. A única diferença é que nenhum deles atacou o Supremo. Nós não temos lado, só o das instituições – disse ele, de acordo com informações da Folha de S.Paulo.

Na ocasião, Barroso também afirmou que “só não existe tensão entre o Poder Judiciário e o Executivo em países em que as cortes foram cooptadas”.

O ministro ainda defendeu o resultado das eleições, acrescentando que os que não respeitam o resultado demonstram “espírito antidemocrático”.

– Supremo é o povo. O povo se pronunciou, e a eleição acabou, só cabe respeitar o resultado. O resto é espírito antidemocrático, quando não selvageria – avaliou.

Barroso e seus colegas, os ministros Ricardo Lewandowsk, Alexandre de Moraes, Dias Toffoli e Gilmar Mendes foram aos Estados Unidos para participar do evento Lide Brazil Conference. Eles foram alvo de protestos durante a viagem.

Leia também1 Toffoli critica "autoproclamados conservadores", em Nova Iorque
2 Gilmar diz que Constituição não abriga agressão, após ato em NY
3 Henkel alerta os manifestantes para não irem ao Congresso
4 Avião usado por Lula para ir ao Egito preocupa assessores
5 Zambelli convoca ato diante da Corte de Direitos Humanos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.