Leia também:
X Felipe Neto é intimado após chamar Bolsonaro de ‘genocida’

Bancada Evangélica sai em apoio à reeleição de Jair Bolsonaro

Presidente da bancada disse que "a igreja tem orado pelo presidente"

Pierre Borges - 15/03/2021 18h16 | atualizado em 16/03/2021 09h22

Presidente já tem recebido apoio de aliados para a reeleição Foto: Reprodução

O presidente da Frente Parlamentar Evangélica, o deputado federal Cezinha da Madureira, declarou apoio da bancada ao presidente Jair Bolsonaro. Em entrevista ao Antagonista, o deputado declarou:

– O presidente Bolsonaro hoje tem o nosso apoio. A Igreja tem orado pelo presidente e tudo o que pudermos fazer para apoiá-lo em suas decisões, nós iremos fazer. O Brasil vai melhorar – disse Cezinha.

O pastor da Assembleia de Deus disse que nunca houve, no Brasil, um governo que “começa e termina o dia falando em Deus” e ainda que “é um pouco difícil falar qualquer coisa contra esse governo”. Ele também comentou a possível candidatura de Lula para as eleições de 2022.

– O Lula já começou declarando que é contra evangélico, que é contra a Igreja – respondeu Cezinha, referindo-se ao discurso de Lula, em que mencionou que “o papel das igrejas é orientar as pessoas, não é vender grão de feijão ou fazer culto cheio de gente sem máscara“.

Perguntado acerca da opinião dos evangélicos ser unânime, ele afirmou que unanimidade não houve nem com Jesus.

– Nem Jesus teve unanimidade. Não seria o Bolsonaro que teria. Se alguém tiver unanimidade hoje, está meio errado isso aí – encerrou Cezinha.

Leia também1 Felipe Neto é intimado após chamar Bolsonaro de 'genocida'
2 Bispo pede para fiéis desobedecerem à quarentena e irem à missa
3 Feliciano sobre Ludhmila: "Nos livramos de um novo Mandetta"
4 Igrejas e líderes convocam período de jejum pelo Brasil
5 Tribunal de Portugal derruba lei que libera eutanásia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.