Leia também:
X Onyx sobre irmãos Miranda: ‘Dois trapalhões desmoralizados’

Aziz tenta ofender Zambelli e leva invertida: “Covardão”

Deputada rebateu ataques citando a própria esposa do senador

Gabriela Doria - 26/06/2021 12h14 | atualizado em 26/06/2021 12h18

Senador Omar Aziz e Carla Zambelli trocaram farpas nas redes Foto: Reprodução

O senador Omar Aziz (PSD-AM) e a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) protagonizaram um bate-boca público, na noite desta sexta-feira (25), durante a sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 – que ouviu os irmãos Miranda. A troca de farpas continuou também nas redes sociais.

O presidente da CPI disse em sua fala que Zambelli “bajula” o presidente Jair Bolsonaro e citou o episódio, ocorrido na última segunda-feira (21), em que a deputada imitou o gesto de Bolsonaro ao retirar a máscara de proteção durante uma entrevista.

– Quando ele tira a máscara, a mulher também tira a máscara só para bajular – disse.

Zambelli reagiu em suas redes sociais e chamou o senador de “imbecil” e “inútil”. A deputada disse ainda que “não puxa o saco do presidente por conta do cargo do marido”, que é comandante da Força Nacional de Segurança e coronel da Polícia Militar do Ceará (PMCE).

– Pega essa bunda gorda sua, que está aí na CPI sentado, e vê se faz alguma coisa de útil, que preste para esse país, ao invés de ficar falando merda das pessoas – disparou.

A discussão não parou por aí. Na tentativa de atingir a reputação da parlamentar, Aziz divulgou um trecho da música Espanhola, de Flávio Venturini. O senador usou a canção para fazer referência a um depoimento da deputada Joice Hasselmann à CPMI das Fake News, em 2019. Na ocasião, a ex-bolsonarista relatou que o presidente da República havia questionado a ela se Zambelli tinha sido prostituta durante o período em que morou na Espanha.

– Acabei de ser ofendido por uma deputada. Como sou diferente do chefe dela e não ofendo ou agrido mulheres, vou apenas oferecer uma música – escreveu o senador.

À coluna de Mônica Bergamo, na Folha de SP, Zambelli declarou que não sentiria vergonha se tivesse recorrido à prostituição na Espanha, no entanto, não foi este o caso. No país, ela teve uma sólida carreira em uma grande empresa de consultoria.

Já de volta às redes, Zambelli disse que “adorou a música” publicada por Aziz, mas repostou um trecho da mesma canção, desta vez acompanhada de imagens da esposa do senador, Nejmi Aziz, sendo presa.

https://twitter.com/CarlaZambelli38/status/1408613155811606529

Leia também1 Zambelli rebate ataques de Aziz e o chama de "inútil e imbecil"
2 Onyx sobre irmãos Miranda: ‘Dois trapalhões desmoralizados’
3 Ricardo Barros deve ser chamado para dar esclarecimentos na CPI
4 STF decide que CPI não deve investigar repasses aos estados
5 Após 'ombrada', Marcos do Val e Luis Miranda são separados por senadores

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.