Leia também:
X Colégio Pedro II diz que pode fechar as portas em setembro

Aziz e Marcos Rogério discutem sobre depoimento de Queiroga

Ministro da Saúde será novamente convocado à CPI

Pleno.News - 02/06/2021 17h59 | atualizado em 15/10/2021 15h56

Ministro da Saúde Marcelo Queiroga foto: Myke Sena/MS

A data do novo depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, à CPI da Covid provocou um novo bate-boca na comissão entre o presidente do colegiado, Omar Aziz (PSD-AM), e o senador governista Marcos Rogério (DEM-RO).

Ao ouvir de Aziz que o novo interrogatório do Queiroga será na próxima terça-feira (8), Marcos Rogério questionou a escolha do presidente da CPI e pediu ele “deixasse o ministro trabalhar”.

– Sabe o que ele estava fazendo ontem? Anunciando a Copa América ao lado do presidente Bolsonaro – rebateu Aziz, que também mandou Marcos Rogério pedir a Queiroga “não mentir dessa vez”.

– Vossa excelência não tem autoridade para dizer que ele estava mentindo – afirmou então Marcos Rogério, que ouviu de Aziz uma reclamação, dizendo que ele não respeita ninguém.

O relator da CPI, Renan Calheiros, interveio em defesa do presidente da Comissão.

– Continuamos com a impressão de que não há ministro da Saúde – declarou.

Marcos Rogério contestou a escolha para Queiroga depor antes do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), alvo de operação da Polícia Federal nesta quarta-feira (2). Então, Aziz destacou que, a pedido do colega, adiantou o testemunho do governador para a próxima semana, no dia 10. Antes, Wilson Lima iria falar à CPI no dia 29 de junho.

*Estadão

Leia também1 CPI: Depoimento do governador do AM será adiantado, diz Aziz
2 Juliana Paes critica "boçalidade" de senadores contra Dra. Nise
3 Rita Lobo debocha de Dra. Nise, é 'cancelada' e recua: "Errei"
4 Garcia: Calheiros foi autoritário, agressivo e teve viés machista
5 Câmara aprova MP que facilita empréstimos na pandemia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.