Leia também:
X Jovem é atacado ao postar fake sobre R.R. Soares e se desculpa

Aziz avalia acionar FBI para ouvir Arthur Weintraub em CPI

Senador é presidente da CPI da Covid-19

Gabriela Doria - 08/06/2021 18h56 | atualizado em 08/06/2021 19h05

Senador Omar Aziz e o advogado Arthur Weintraub Arte: Pleno.News

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19, o senador Omar Aziz (PSD-AM), afirmou que pode acionar o FBI, órgão de inteligência dos Estados Unidos, para tomar o depoimento do ex-assessor da Presidência da República Arthur Weintraub.

O advogado mora nos Estados Unidos, onde o irmão, o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub, atua como diretor do Banco Mundial.

A convocação de Arthur Weintraub foi aprovada pela CPI ainda no fim de maio. Os senadores querem ouvir o advogado sobre a suposta participação no chamado “ministério paralelo”, que teria aconselhado o presidente Jair Bolsonaro sobre as ações adotadas durante a pandemia.

– Nós temos que ver a forma legal de ouvi-lo. Se a gente não conseguir trazê-lo dos Estados Unidos, vamos ouvi-lo lá através do FBI – afirmou Aziz em entrevista ao portal Metrópoles.

O senador disse ainda que é possível que parlamentares da comissão sejam enviados aos Estados Unidos para ouvir Arthur.

ARTHUR WEINTRAUB NEGA ‘GABINETE PARALELO’
Neste fim de semana, Arthur Weintraub negou a existência de um “gabinete paralelo” que estivesse aconselhando o presidente Jair Bolsonaro. No vídeo, ele afirma ter feito, a pedido do presidente, uma “ponte” entre o Palácio do Planalto e cientistas que estão estudando possíveis tratamentos para a Covid-19.

Leia também1 Governador do AM recorre ao STF para 'fugir' da CPI da Covid
2 Henkel critica CPI da Covid: 'Virou a CPI da Copa América'
3 Em rede social, Janaina ironiza existência de “gabinete paralelo”
4 Bate-boca na CPI: Senador acusa Queiroga de “pseudovacinação”
5 Queiroga diz que é ministro da Saúde, não censor do presidente

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.