Leia também:
X Crítico do STF, Otoni garante que “enfrenta qualquer represália”

Auxílio: Bolsonaro não disse que cada parcela era de mil dólares

Em seu discurso na ONU, presidente afirmou que o total do benefício é que chegaria próximo desse valor

Pleno.News - 22/09/2020 16h25 | atualizado em 22/09/2020 17h29

Nesta terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro discursou na abertura da 75ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Durante sua fala, Bolsonaro falou sobre o auxílio emergencial que o governo adotou para ajudar a população na pandemia de coronavírus e disse que o total das parcelas do benefício do governo chega a aproximadamente mil dólares.

Após a declaração, usuários de redes sociais comentaram o número dito e afirmaram que o total auxílio não corresponde ao que foi dito pelo presidente. Alguns, no entanto, acusaram Bolsonaro de dizer que cada parcela do benefício seria o equivalente aos mil dólares, o que não é verdade.

– Nosso governo, de forma arrojada, implementou várias medidas econômicas que evitaram o mal maior. Concedeu o auxílio emergencial em parcelas que somam aproximadamente mil dólares para 65 milhões de pessoas. O maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo – disse o presidente durante seu discurso na ONU.

O governo estabeleceu cinco parcelas de R$ 600 e outras quatro, que terão duração até dezembro, no valor de R$ 300. O total chega R$ 4.200. Na cotação do dólar desta terça-feira (R$ 5,47), o número chega cerca de 771 dólares.

Já para mães solteiras ou mulheres chefes de família, foram disponibilizadas cinco parcelas de R$ 1.200 e mais quatro parcelas de R$ 600, o que totaliza R$ 8.400. Na cotação atual do dólar, o valor chega a cerca de 1.540 dólares.

A “confusão” feita a respeito da declaração de Bolsonaro foi criticada pela deputada federal Carla Zambelli. Ela mostrou uma publicação feita pelo presidente do PSOL, Juliano Medeiros, e ironizou Paulo Freire.

– Às pessoas com problema de interpretação, como o presidente do PSOL: O presidente Jair Bolsonaro disse que a soma das parcelas do auxílio-emergencial totalizaria aproximadamente 1000 dólares. Não disse que cada parcela teria esse valor. Viva Paulo Freire – escreveu.

Leia também1 Crítico do STF, Otoni garante que "enfrenta qualquer represália"
2 Carla Zambelli elogia discurso feito por Bolsonaro na ONU
3 Bolsonaro repudia cristofobia: 'País é cristão e conservador'
4 Confira o discurso do presidente Jair Bolsonaro na ONU
5 Bolsonaro na ONU: Brasil sofre "campanha de desinformação"

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.