CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Moro critica soltura de presos por Covid: ‘Risco à população’

Atriz revolta ao incentivar violência contra Bolsonaro

Em vídeo, Maria Flor disse que queria esfregar a cara do presidente no asfalto

Rafael Ramos - 01/04/2020 16h04 | atualizado em 01/04/2020 17h38

Longe da TV há três anos, desde que fez uma participação na série Cidade Proibida, da Rede Globo, a atriz Maria Flor gerou revolta na internet ao incitar violência contra o presidente Jair Bolsonaro. Em um vídeo publicado na segunda-feira (31) em seu canal no YouTube, a global fala que “queria só poder pegar o Bolsonaro e esfregar a cara dele no asfalto quente”.

O marido da atriz, o ator e youtuber Emanuel Aragão, ainda tenta “aliviar a tensão” dizendo que tudo não passa de brincadeira. Ao que Maria Flor reforçou que está sim incentivando o ódio contra o presidente. Ela ainda se refere ao chefe do Executivo como idiota.

Ao contrário de alguns internautas que defendem que a fala da atriz foi apenas uma encenação, outros repudiaram a atitude de Maria Flor e a acusaram de estar cometendo um crime.

– É muito amor desses globais! Atores desejam as piores coisas para o presidente Jair Bolsonaro. Imagina se ele desejasse isso a alguém! Socorro! – declarou a deputada federal Bia Kicis.

Leia também1 Facebook tira página de Sikêra Jr do ar e ele detona: 'Censura'
2 1º de abril! Web faz piada e diz #DiaDaExtremaImprensa
3 Startup financiada por Huck demite professores por celular

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo