Leia também:
X Hang doa R$ 1 milhão para a campanha de Jair Bolsonaro

Ato pró-Bolsonaro reúne cristãos em Belford Roxo

Cerca de 200 igrejas da cidade se uniram neste evento

Leiliane Lopes - 24/10/2022 15h24 | atualizado em 24/10/2022 16h53

Manifestação pacífica aconteceu no Jardim Redentor, em Belford Roxo (RJ) Foto: Edson Gomes/Divulgação

Mais de 200 igrejas evangélicas estiveram reunidas neste domingo (23) na cidade de Belford Roxo, no Rio de Janeiro, para participar de um ato em apoio à reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL).

O empresário Ricardo Veloso foi quem teve a ideia de unir as diversas denominações da cidade para um ato pacífico.

– Este trabalho começou um dia após a eleição do primeiro turno. Reuni quatro amigos (Edson Gomes, Zeca, Sílvio Gonçalves e Eduardo Ressurreição) e pensamos no que fazer para ajudar o nosso presidente em relação ao segundo turno. Foi quando tivemos a ideia de reunir os pastores. Na primeira reunião foram quase 100 líderes evangélicos e nas próximas reuniões atraímos mais pastores – explicou o idealizador da manifestação.

E continuou:

– Essa mobilização só foi possível nesse curto espaço de tempo porque os pastores apoiaram nossa ideia. Entre eles os pastores Anderson Carvalho, Valdir Barbosa, Eduardo Kadosh e Sérgio Aragão.

Milhares de pessoas estiveram no Bairro Jardim Redentor para participar do ato, além de pastores, cidadãos não cristãos e políticos importantes do estado como os deputados estaduais Alan Lopes e Márcio Canella.

O vice-prefeito da cidade, Marcelo Canella (União Brasil), também esteve na manifestação, mostrando sua posição contrária à do prefeito, Waguinho (União Brasil), que é apoiador de Lula.

No final do dia, os próprios participantes do evento fizeram um mutirão para limpar as ruas e retirar qualquer resíduo que pudesse ter sido deixado pelos participantes.

– Foi uma multidão nunca vista reunida em Belford Roxo, isso foi o que mais eu ouvi – surpreendeu-se Veloso ao comemorar o sucesso da manifestação.

Leia também1 Pesquisa Brasmarket: Bolsonaro tem 53,3% dos votos e Lula 46,7%
2 The Wall Street Journal critica esquerda e TSE por censura
3 TSE determina nova exclusão de posts de Janones sobre Bolsonaro
4 Bolsonaro afirma que o PT deu 'demonstração' do que é censura
5 Bolsonaro diz: "Quem atira em policial é bandido"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.