Leia também:
X Trabalhador que recusar vacina pode receber justa causa, diz MP

Ativismo judicial prejudica o tratamento médico de Eustáquio

Sandra Terena disse que seu marido não pode realizar exame por usar tornozeleira eletrônica

Henrique Gimenes - 08/02/2021 19h29 | atualizado em 09/02/2021 11h15

Oswaldo Eustáquio e Sandra Terena Foto: Arquivo Pessoal

Nesta segunda-feira (8), Sandra Terena, esposa do jornalista Oswaldo Eustáquio, utilizou suas redes sociais para denunciar o fato de o “ativismo judicial” ter prejudicado seu marido. De acordo com ela, como Eustáquio está utilizando uma tornozeleira eletrônica, ele não pode fazer um exame de ressonância magnética.

Em sua publicação, Sandra Terena ressaltou que seu marido é um “prisioneiro sem crime”.

– Mais uma vez, o tratamento médico do meu marido, o jornalista Oswaldo Eustáquio, foi prejudicado pelo ativismo judicial. Ele necessita de uma ressonância magnética, mas o equipamento é incompatível com a tornozeleira eletrônica de um prisioneiro sem crime. Logo, o exame não foi realizado – escreveu Terena.

Leia também1 Oswaldo Eustáquio recebe laudo com quadro de paraplegia
2 Depois de 40 dias, Sandra Terena consegue ver Oswaldo Eustáquio
3 Em carta, Eustáquio denuncia agressões cometidas por agentes
4 Esposa de Oswaldo Eustáquio: "Conto com as orações de vocês"
5 Oswaldo Eustáquio é condenado a indenizar Boulos em R$ 15 mil

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.