Leia também:
X Homem estupra filha de 7 anos e diz que a confundiu com mulher

AstraZeneca terá intervalo entre doses reduzido, afirma Queiroga

Imunizante da Pfizer também teve redução de intervalo

Pierre Borges - 13/09/2021 16h55 | atualizado em 14/10/2021 12h10

Ministro da Saúde Marcelo Queiroga Foto: PR/Clauber Cleber Caetano

Apesar da recente falta de vacinas de AstraZeneca em todo o país, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta segunda-feira (13) que o intervalo entre as doses do imunizante será diminuído de 12 para 8 semanas, a partir do próximo dia 15.

A redução do intervalo da Pfizer, a partir de setembro, já havia sido anunciada por Queiroga no mês passado. Já a CoronaVac tem intervalo menor, de 28 dias, e a da Janssen é uma vacina de dose única.

Apesar das mudanças nos intervalos, os critérios adotados ainda diferem das recomendações das fabricantes. A Pfizer recomenda intervalo de 21 dias entre as doses e a AstraZeneca, de 12 semanas, como acontece hoje.

*AE

Leia também1 Homem estupra filha de 7 anos e diz que a confundiu com mulher
2 Justiça autoriza Richthofen a cursar faculdade de farmácia
3 David Luiz é apresentado no Ninho do Urubu e elogia torcida
4 Justiça do DF absolve Feliciano em processo de Caetano Veloso
5 Delegado sobre viúva que matou o marido: 'Fria e calculista'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.