Leia também:
X General Chagas acusa Barroso de crime militar contra às Forças Armadas

ABI denuncia Bolsonaro à ONU por perdão a Daniel Silveira

Texto afirma que o perdão concedido ao parlamentar "afronta a democracia"

Pleno.News - 25/04/2022 15h00 | atualizado em 25/04/2022 16h13

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Isac Nóbrega

Além da reação de partidos, entidades da sociedade civil se mobilizam contra o decreto do presidente Jair Bolsonaro (PL), que beneficiou o deputado Daniel Silveira (PTB) após a condenação determinada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) encaminhou um “informe urgente sobre violação de Direitos Humanos” à Organização das Nações Unidas (ONU).

O texto afirma que o perdão concedido por Bolsonaro ao parlamentar “afronta a democracia, a separação de Poderes, a independência do Judiciário e a administração da Justiça”. O documento, elaborado pelo advogado Carlos Nicodemos, foi enviado ao relator especial da ONU sobre Independência de Juízes e Advogados, Diego García-Sayán.

Uma reunião com o relator da ONU e outras entidades da sociedade civil também foi solicitada, afirmou o presidente da associação, Paulo Jeronimo. A ABI afirma esperar que o órgão internacional se “posicione sobre as violações ocorridas com uma nota pública”.

*AE

Leia também1 Weintraub faz live e acusa Bolsonaro e aliados de "ameaças"
2 Bolsonaro garante: "Indulto a Daniel Silveira será cumprido"
3 Guedes testa positivo para Covid e mantém reuniões virtuais
4 STF considera melhor 'jogar para frente' decisão sobre indulto
5 Brasil pode virar uma autocracia com Lula ou Bolsonaro, diz Moro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.