Leia também:
X Moraes proíbe propaganda que sugere que Lula celebrou a Covid

Artistas sertanejos se encontram com Bolsonaro e declaram voto

Nomes como Gusttavo Lima, Zezé Di Camargo, Leonardo e Chitãozinho estavam presentes

Leiliane Lopes - 17/10/2022 15h04 | atualizado em 17/10/2022 20h54

Leonardo, Fernando e Gusttavo Lima em encontro com Bolsonaro Foto: Reprodução

Na tarde desta segunda-feira (17), Jair Bolsonaro se encontrou com vários cantores sertanejos que declararam seu voto pela reeleição do presidente, defendendo valores e setores da sociedade como caminhoneiros e produtores rurais.

Entre os artistas presentes estavam os cantores Leonardo e Gusttavo Lima, que participaram de uma coletiva de imprensa ao lado de Bolsonaro, reafirmando seus valores pela vida, família e liberdade.

O cantor Gusttavo Lima, disse que resolveu se manifestar não por ele, mas por todos os brasileiros.

– Essa campanha relata tudo o que estamos vivendo hoje. Não é sobre mim, não é sobre minha esposa… é sobre o futuro do Brasil, é sobre o agro que coloca a comida no prato dos brasileiros e do mundo inteiro. Eu defendo muito quem trabalha dia e noite para produzir, que toma muito prejuízo… e eu estou aqui para dar meu apoio a esses produtores – declarou.

O cantor Leonardo também deu uma pequena palavra sobre seu voto, lembrando que não concorda com o governo do Partido dos Trabalhadores, nem com as ideias que eles defendem.

– É um prazer estar ao lado do presidente, tenho muito orgulho de estar junto com ele desde o começo da campanha de reeleição. Eu nasci aqui perto, em Goianópolis, lá você [Bolsonaro] teve 90% dos votos. Também quero dizer que sou contra as coisas que estão dizendo do outro lado [Lula]. Falar de fechar igrejas e templos é negativo para a imagem do nosso país. Hoje o Brasil está entre os países mais produtivos do mundo, é a décima melhor economia do mundo mesmo com pandemia e guerra – pontuou.

Além deles, outros artistas conversaram com o Bolsonaro, entre eles a cantora Sula Miranda, Zezé Di Camargo, Fernando e Sorocaba, Chitãozinho (da dupla com Xororó), entre outros. O apresentador Ratinho também participou do encontro.

Sula Miranda falou em nome das mulheres e em especial em nome das caminhoneiras que viajam de norte a sul para distribuir mercadorias pelo país.

– Esse governo valoriza a mulher. Hoje são 200 mil caminhoneiras nas estradas que ajudam a levar o progresso. Eu tenho 36 anos de carreira e nunca tinha visto o que aconteceu na infraestrutura e hoje os meus caminhoneiros têm condições de ir e vir. Em dois anos foram feitos muito mais do que nos outros anos. Hoje temos um novo país nas estradas brasileiras – disse ela sobre as obras realizadas pelo governo federal nas rodovias.

Zezé Di Camargo também comentou sobre sua visão política e deu como exemplo a recente viagem que fez à Argentina, onde, conversando com o motorista, ele ouviu críticas ao governo de esquerda que controla a presidência argentina e elogios a Bolsonaro.

– Estava em Buenos Aires e passamos por uma manifestação contra o presidente e o motorista me disse: “Ainda bem que vocês têm Bolsonaro” – revelou Zezé ao falar sobre como alguns argentinos reconhecem o bom governo do Brasil.

Os ministros Paulo Guedes (Economia), Ciro Nogueira (Casa Civil) e Fábio Faria (Comunicações) também participaram do encontro.

Leia também1 Bolsonaro usa meme “Bora, Bill” em nova propaganda eleitoral
2 Na GloboNews, Merval diz que Bolsonaro foi melhor no debate
3 Abono extra de até R$ 1.212 será pago a partir desta 2ª feira
4 Carlos Bolsonaro sobre o PT: “Ideias macabras e sombrias”
5 Colunista do UOL afirma que Bolsonaro ganhou o debate

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.