Leia também:
X Miss foi excluída de cerimônia por tentar golpe, afirma estilista

Arthur Lira critica ‘interferência indevida’ do STF no Congresso

Presidente da Câmara criticou diretamente decisão da ministra do STF Rosa Weber

Monique Mello - 08/11/2021 12h29 | atualizado em 08/11/2021 14h32

Arthur Lira criticou decisão de Rosa Weber Foto: Câmara dos Deputado/Michel Jesus

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), criticou a decisão da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), de suspender o pagamento das emendas de relator do Orçamento de 2021. Em entrevista ao G1, o parlamentar classificou como “interferência indevida” do Judiciário no Congresso Nacional.

– Eu avalio a decisão da ministra Rosa Weber como uma interferência indevida em questões internas do Congresso Nacional – declarou.

Lira informou que se encontrará com o presidente do Supremo, Luiz Fux, nesta segunda-feira (8), a fim de que se evite um “choque entre as duas instituições”.

– Vamos nos encontrar com o presidente [do STF, Luiz] Fux, para evitar um choque entre as duas instituições. Vamos buscar uma solução. Estou atuando como bombeiro nesta questão – completou.

O vice-presidente do Senado, Veneziano Vital do Rego, também estará presente na reunião. De acordo com Lira, o Congresso não pode aceitar a decisão da ministra do STF, mas estaria disposto a discutir os critérios para a liberação dos recursos referentes às emendas.

Leia também1 Rodrigo Maia pede suspensão imediata da PEC dos Precatórios
2 Doria evita comentar apoio do PSDB à PEC dos Precatórios
3 Bolsonaro aprova medida para reduzir emissão de gases estufa
4 Jair Bolsonaro reajusta linha de pobreza para ampliar auxílio
5 Volkswagen decide investir R$ 7 bilhões na América Latina

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.