Leia também:
X Anvisa facilitará a aquisição de cloroquina, diz Bolsonaro

Recorde em 2 anos! Aprovação de Bolsonaro sobe e vai a 37%

Pesquisa Datafolha indicou que presidente teve forte ascensão na Região Nordeste e melhor resultado desde o início de seu mandato

Paulo Moura - 14/08/2020 07h36 | atualizado em 14/08/2020 13h07

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

Uma pesquisa do Instituto Datafolha divulgada na noite de quinta-feira (13), pelo jornal Folha de São Paulo, apontou que o presidente Jair Bolsonaro alcançou sua melhor avaliação desde que iniciou o mandato em janeiro de 2019. As entrevistas foram feitas entre os dias 11 e 12 de agosto.

No total, 37% dos brasileiros consideram o governo ótimo ou bom, um crescimento de 5 pontos percentuais na comparação com a análise anterior, feita entre 23 e 24 de junho, que indicava 32%. A curva de rejeição, por sua vez, caiu de forma acentuada, em 10 pontos percentuais, de 44% para 34% entre os que consideram a administração ruim ou péssima.

A pesquisa Datafolha também encontrou outra conclusão já obtida em diversas análises, o crescimento de Bolsonaro no Nordeste. Segundo o instituto, a rejeição ao presidente na região caiu de 52% para 35%. O conceito de ótimo e bom, por sua vez, deu um salto de seis pontos percentuais, e foi de 27% em junho para 33% em agosto.

A pesquisa foi realizada em 11 e 12 de agosto, com 2.065 brasileiros adultos que possuem telefone celular em todas as regiões e estados do país. A margem de erro foi de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Leia também1 Anvisa facilitará a aquisição de cloroquina, diz Bolsonaro
2 Bolsonaro parabeniza Trump por acordo no Oriente Médio
3 STJ: Ministro manda prender Queiroz e esposa novamente
4 Vice de Biden já atacou Bolsonaro por queimadas na Amazônia
5 Bolsonaro: 'Globo me acusou de genocida no horário nobre'

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.