Leia também:
X PSOL pede ao STF a investigação de 11 parlamentares de direita

Após pedido de prisão, Torres vai voltar dos EUA e se apresentar

Ele disse que acredita na Justiça brasileira e que sempre pautou suas ações pela legalidade

Marcos Melo - 10/01/2023 21h10 | atualizado em 11/01/2023 11h28

Anderson Torres Foto: MJSP/Tom Costa

Após pedido de prisão determinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, nesta terça-feira (10), o ex-ministro da Justiça no governo de Jair Bolsonaro (PL), Anderson Torres, disse no Twitter que irá interromper suas férias e se apresentar à Justiça brasileira.

– Hoje (10), recebi notícia de que o ministro Alexandre de Moraes do STF determinou minha prisão e autorizou busca em minha residência. Tomei a decisão de interromper minhas férias e retornar ao Brasil. Irei me apresentar à Justiça e cuidar da minha defesa – declarou o ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal.

Ele ressaltou que acredita na Justiça brasileira e na força das instituições e afirmou que sempre pautou suas ações pela ética e pela legalidade.

– Estou certo de que a verdade prevalecerá – concluiu.

Torres é considerado por Moraes um dos culpados pelas falhas na operação de segurança, quando manifestantes furaram o bloqueio policial e adentraram os prédios dos Três Poderes, depredando objetos e estruturas físicas. Moraes também acredita que tenha havido conivência por parte de Torres para com o ato político.

Leia também1 Celular de Torres pode complicar a vida de Jair Bolsonaro; entenda
2 Moraes ordena prisão de Torres; PF cumpre buscas em residência
3 Interventor do DF culpa Torres pelos ataques em Brasília
4 Zema afirma que afastamento de Ibaneis é "arbitrário"
5 Calheiros pede ao STF retorno de Bolsonaro sob pena de prisão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.