Leia também:
X “Brasil será um grande canteiro de obras”, afirma Tarcísio

Após fala sobre TikTok, Damares aponta hipocrisia da revista Veja

Ministra rebateu reportagem que criticou seu posicionamento sobre a rede social

Pleno.News - 04/02/2022 15h43 | atualizado em 04/02/2022 15h51

O MMFDH, sob o comando de Damares Alves, lançará mais um programa pró família
Ministra Damares Alves Foto: Willian Meira/MMFDH

Nesta sexta-feira (4), a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, rebateu críticas que sofreu por ter se manifestado contra o uso inadequado da rede social TikTok. Ela expôs duas reportagens da Veja e acusou a revista de hipocrisia.

Um título da Veja defendeu que a ministra “demoniza” a rede social. Por isso, Damares lembrou de um artigo da coluna Veja Gente que, em 2020, apontou como o TikTok estaria sendo usado para o assédio de menores de idade.

– Gente, a hipocrisia parece não ter fim. Só porque a ministra falou vocês têm que se opor? Não é só sobre o TikTok. Usei como exemplo porque é a rede mais acessada por adolescentes, mas poderia ser qualquer uma. É sobre a necessidade de pais e responsáveis serem vigilantes.

Na última terça-feira (1º), Damares se posicionou contra pais que deixam as filhas se expor na internet. Ela deu declarações durante a abertura da Semana Nacional de Prevenção à Gravidez na Adolescência, afirmando que a gravidez de crianças e de adolescentes “está muito atrelada” ao uso das redes sociais.

Segundo a ministra, os pais não podem repassar a responsabilidade ao Ministério da Saúde.

— Não vem papai e mamãe jogar no colo do Ministério da Saúde: “Resolva, minha filha engravidou”, depois que deixou [sic] sua filha ir pro TikTok vender seu corpo. Uma coisa está muito atrelada com a outra — disse.

Damares também se manifestou contra o aborto e defendeu que há vida desde a concepção.

— Se acontecer uma gravidez, vida é vida – declarou.

No evento, a Pasta lançou a nova edição do Plano Nacional de Prevenção Primária do Risco Sexual Precoce e Gravidez de Adolescentes. Segundo o governo, o objetivo da iniciativa é capacitar família, Estado e sociedade para evitar a gestação precoce.

 

Leia também1 Damares critica pais que deixam as filhas se expor no TikTok
2 Jovem faz TikTok ao lado da mãe com câncer e é criticada na web
3 Após doar rim ao namorado, jovem descobre que ele é casado
4 Menina morre após segurar respiração em desafio do TikTok
5 Bolívia: Embaixador perde cargo por causa de vídeo no TikTok

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.