Leia também:
X Mulher morre atacada por seis pitbulls ao visitar namorado

Após fala contra corrupção, Malafaia é denunciado por “crime eleitoral”

Representação contra o pastor foi apresentada ao TSE

Ana Luiza Menezes - 22/07/2021 19h49 | atualizado em 23/07/2021 20h09

Pr. Silas Malafaia Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (22), o pastor Silas Malafaia publicou um vídeo para revelar que é alvo de uma representação apresentada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelo vice-procurador-geral eleitoral, Renato Brill de Góes. No documento, o religioso é acusado de crime eleitoral.

Malafaia disse que a representação tomou como base seu discurso em Marabá, Pará, quando acompanhava o presidente Jair Bolsonaro. Na ocasião, sem citar nomes, o pastor criticou corruptos e disse que eles não voltarão mais ao poder. Para o vice-procurador-geral eleitoral, a fala se referia ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

– Até agora, eu estou em dúvida: eu não sei se ele está chamando Lula de ladrão ou se ele está defendendo o Lula. (…) Hora nenhuma eu cito o nome do ex-presidente Lula [no discurso] – argumentou o pastor, no vídeo desta quinta-feira.

Ele questionou ainda se é proibido falar que corruptos não irão mais voltar ao poder no Brasil.

– É proibido falar, nesse país, que corruptos não vão mais voltar? (…) Eu digo isso em vários vídeos – protestou.

Em uma rede social, o deputado federal Marco Feliciano defendeu Malafaia. Segundo ele, é “uma barbaridade o que um procurador fez com o pastor”.

– É simplesmente uma barbaridade o que um procurador fez com o pastor Malafaia. A peça por ele escrita dá nomes a quem o pastor Silas não deu. Militantes sim, mas Militontos não. Minha solidariedade pastor Silas, o Senhor vencerá mais esta – destacou o parlamentar.

Publicação do deputado Foto: Reprodução

Leia também1 Em vídeo, Silas Malafaia expõe 'mentiras' da 'CPI da safadeza'
2 Vera debocha de saúde de Bolsonaro e ouve: 'Você é o lixo do jornalismo'
3 Silas Malafaia rebate Datafolha: "Cambada de cretinos manipuladores"
4 Em vídeo, Silas Malafaia defende voto impresso auditável
5 Malafaia critica LGBTs por questionarem falta de nº 24 na Seleção

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.