Leia também:
X Governo libera R$ 38 milhões para conclusão da Barragem de Oiticica

Após demissão, Ricardo Salles é elogiado por parlamentares

Ex-ministro deixou a Pasta do Meio Ambiente na quarta-feira, e será sucedido por Joaquim Alvaro Pereira Leite

Pleno.News - 24/06/2021 16h04 | atualizado em 24/06/2021 16h06

Após deixar o cargo de ministro do Meio Ambiente do governo Bolsonaro, o advogado Ricardo Salles recebeu elogios de figuras políticas acerca de sua gestão.

A deputada federal Carla Zambelli (PSL) enumerou como qualidades do ex-ministro “coragem, fibra, inteligência, coerência, conhecimento técnico, lealdade, graça, gratidão e fé”. A parlamentar diz acreditar em sua honestidade, e classificou a sua política ambiental como um “sucesso”.

– Sei da sua honestidade. A política ambiental de sucesso será a mesma. E seu legado estará nos livros de história que reconhecerão o novo rumo que o país mais preservado do mundo tomou, com mais desenvolvimento sustentável, graças ao seu trabalho. A amizade segue – escreveu Zambelli nas redes sociais, desejando ainda que o novo ministro Joaquim Alvaro Pereira Leite seja bem-vindo ao governo.

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB), declarou que Ricardo Salles “cumpriu sua tarefa” durante o período em que esteve a frente do ministério do Meio Ambiente.

– Não sei quais foram os motivos que o levaram a pedir demissão, mas cumpriu sua tarefa. Joaquim tem trabalhado com a gente ao longo desse período que eu estou no Conselho Nacional da Amazônia. Ele é o secretário da Amazônia e espero cooperação da parte dele.

O deputado federal Carlos Jordy (PSL) classificou Salles como um “ser humano ímpar, um profissional competente de grande inteligência e, acima de tudo, um amigo leal”.

– Sua política de desenvolvimento e desburocratização, aliada à preservação ambiental, deixa um grande legado para o Brasil e que será seguida pelo seu sucessor, mas saiba que você será sempre lembrado por tudo que fez de positivo para o Brasil – assinalou Jordy no Instagram.

A deputada federal Bia Kicis também usou as redes sociais para homenagear o ministro. A parlamentar publicou uma foto ao lado de Salles, e o agradeceu “pelos serviços prestados ao Brasil”.

EXONERAÇÃO
Alvo de investigações e de pressões políticas, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, decidiu pedir demissão do cargo nesta quarta-feira (23). A exoneração foi publicada hoje no Diário Oficial de União (DOU). Joaquim Álvaro Pereira Leite, secretário da da Amazônia e Serviços Ambientais, assumirá como novo ministro.

De acordo com o jornal O Globo, Ricardo Salles alegou, ao presidente Jair Bolsonaro, motivos familiares para se desligar do governo, assim como a pressão sofrida no comando da Pasta.

Leia também1 Governo libera R$ 38 milhões para conclusão da Barragem de Oiticica
2 Câmara dos Deputados abranda regra sobre inelegibilidade
3 Câmara 'flexibiliza' regra sobre inelegibilidade de políticos
4 Deputado Luis Miranda pede prisão de Onyx e Élcio Franco
5 Câmara analisará projeto da lei antiterrorismo de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.