Leia também:
X Bolsonaro vence com quase 80% dos votos em Nagoia, no Japão

Após decisão de Moraes, redes da juíza Ludmila Lins saem do ar

Magistrada teve contas no Twitter, Instagram, Facebook e YouTube retiradas do ar

Paulo Moura - 02/10/2022 16h13 | atualizado em 02/10/2022 16h21

Juíza Ludmila Lins Grilo Foto: Câmara dos Deputados/Pablo Valadares

Perfis da juíza Ludmila Lins Grilo, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), foram retirados do ar em diversas redes sociais nesta sexta-feira (30) e neste sábado (1°), de acordo com informações divulgadas pela própria magistrada no Telegram. Segundo Ludmila, as contas dela no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube saíram do ar.

Conta da juíza Ludmila Lins no Twitter saiu do ar Foto: Reprodução/Twitter

A derrubada ocorre dias após o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ordenar que dois sites onde Ludmila oferece cursos pela internet saíssem do ar. Dias antes, o corregedor nacional de Justiça, Luís Felipe Salomão, instaurou uma reclamação disciplinar contra Ludmila no Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Na decisão, que foi motivada por postagens críticas no Twitter de Ludmila sobre o inquérito das fake news, conduzido por Moraes no STF, Salomão citou regras da Lei Orgânica da Magistratura e do Código de Ética da classe que proíbem manifestação de opinião sobre processos pendentes de julgamento.

Sobre a queda dos perfis, a magistrada se manifestou no Telegram e agradeceu pelas palavras de apoio que recebeu após o fato. Ela também disse supor que a derrubada dos perfis aconteceu por ordem de Alexandre de Moraes.

– Boa tarde, pessoal. Como já era de se esperar, a minha conta no Twitter e o meu canal no YouTube acabaram de cair, suponho que por ordem do Alexandre de Moraes. Este canal no Telegram é o meu último veículo aberto de comunicação com vocês. Agora, é exclusivamente por aqui que vamos manter contato – escreveu.

Leia também1 Eleitor é preso após quebrar urna eletrônica a pauladas
2 Eleitores brasileiros na Suíça se enfrentam e polícia intervém
3 Jair Bolsonaro tem vitória nas urnas em Israel
4 Irmão de Barack Obama pede voto em Jair Bolsonaro
5 "Traidora": Soraya Thronicke é hostilizada em local de votação

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.