Leia também:
X Araújo: Fábio Faria tem ‘sanha de perseguir conservadores’

Após apoiar Ciro Gomes, Daciolo deverá se filiar ao PDT

Anúncio deve ocorrer no evento de lançamento da pré-candidatura de Ciro

Pierre Borges - 21/01/2022 10h24 | atualizado em 21/01/2022 11h05

Cabo Daciolo e Ciro Gomes
Cabo Daciolo e Ciro Gomes Foto: Reprodução/RecordTV

Após ter anunciado a desistência de sua candidatura à Presidência para apoiar Ciro Gomes, o cabo Daciolo deverá deixar o PMB para se filiar ao PDT, partido de seu novo aliado.

De acordo com a coluna Radar, da Veja, o anúncio da filiação deverá ocorrer nesta sexta-feira (21), durante o evento de lançamento da pré-candidatura de Ciro Gomes.

Além de Daciolo, serão divulgados os nomes de outros recém-filiados ao partido que pretendem concorrer a algum cargo nas eleições deste ano.

De acordo com a coluna, fontes dizem que Daciolo gostaria de buscar uma vaga no Senado Federal pelo Rio de Janeiro, mas nomes importantes do partido acreditam que o ex-bombeiro não conseguiria votos suficientes para o cargo. Segundo eles, Daciolo deveria tentar retornar à Câmara dos Deputados.

Em dezembro, Daciolo publicou um vídeo nas redes sociais após a divulgação da operação da Polícia Federal na casa do pedetista para investigar um suposto caso de corrupção durante o mandato de Ciro no governo do Ceará.

– Irmãozão [sic], no dia da eleição em 22, na contagem dos votos, se você tiver um voto lá, saiba que esse voto foi do cabo Daciolo. Eu não sei por que eu estou fazendo isso. Eu sei que o Criador está mandando eu falar isso para você – disse Daciolo na ocasião.

Na época, ele disse ainda que não sabia mais se seria pré-candidato ao Senado, ao governo ou se simplesmente iria abandonar qualquer candidatura.

Leia também1 Araújo: Fábio Faria tem ‘sanha de perseguir conservadores’
2 'Acho que vou morrer', disse Elza Soares à família antes de partir
3 Atriz é internada em estado grave com sequelas da Covid
4 Barroso diz que não será preciso passaporte da vacina para votar
5 Políticos se solidarizam após a morte da mãe de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.