Leia também:
X Bolsonaro responde acusações de caixa 2: “Mentira”

Após afronta a Moraes, sistema do CNJ sofre nova invasão

CNJ informou que a parte do site que trata de medidas judiciais não foi comprometida

Marcos Melo - 21/01/2023 11h53 | atualizado em 23/01/2023 16h01

Sede do CNJ Foto: Gil Ferreira/Agência CNJ

O sistema do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) foi invadido novamente, nesta quinta-feira (19). No início deste mês, uma invasão ao Banco Nacional de Mandados de Prisão do CNJ resultou num falso pedido de prisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, contra ele mesmo.

Foi descoberto que, na primeira vez, houve a entrada no sistema por meio de uma credencial legítima.

De acordo com a coluna de Paulo Capelli, do Portal Metróples, o CNJ confirmou a ocorrência de nova invasão ao sistema e informou que a parte operacional do site, que trata de medidas judiciais, não foi comprometida.

A Polícia Federal já instaurou inquérito para investigar o caso.

Leia também1 Moraes mantém prisões de 140 detidos pelos atos em Brasília
2 Após ironizar manifestantes do DF, juiz tem Twitter suspenso
3 Corregedor do CNJ afasta juiz que autorizou protesto em BH
4 Falso mandado de prisão contra Moraes pede para fazer o "L"
5 CNJ bloqueia credencial que inseriu mandado contra Moraes

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.