Leia também:
X Nikolas Ferreira aponta: “Ou você é cristão, ou vota no Lula”

Apoiadores planejam motociata épica com 2 milhões de motos

Segunda edição do Acelera para Cristo ocorrerá no dia 15 de abril

Pleno.News - 06/04/2022 16h19 | atualizado em 06/04/2022 16h38

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro estão se organizando para realizar a segunda edição da motociata Acelera para Cristo, em São Paulo. O evento está previsto para acontecer no próximo dia 15 de abril e espera reunir mais de 2 milhões de motociclistas. O chefe do Executivo deve marcar presença na ocasião.

– São Paulo: a cidade que nunca dorme. No estado de SP, tem quase 5 milhões de motos. No Brasil, 23 milhões de motocicletas. E, dia 15 de abril, será a segunda edição da maior motociata do mundo: Acelera para Cristo 2 – diz a introdução do vídeo promocional.

A primeira edição do evento ocorreu em 12 de junho do ano passado. Segundo afirma a organização, a manifestação reuniu mais de 1,3 milhão de motos.

– Agora, serão mais de 2 milhões de patriotas, acelerando nos asfaltos de São Paulo. Não vai ser simplesmente uma motociata. Vai ser o apocalipse das motos – promete a divulgação.

Evangélico e apoiador do presidente, o pastor Jackson Villar é o organizador do evento. O ato contará ainda com o apoio do apóstolo Estevam Hernandes, fundador da Igreja Apostólica Renascer em Cristo.

De acordo com o site do evento, a nova edição promete contar com uma grande estrutura, incluindo palco, som, iluminação, banheiros químicos, ambulâncias, guinchos, engradamentos de seguranças, camarins e bandas. Para participar, será cobrada uma taxa de inscrição de R$ 10.

Leia também1 Lula defende empréstimo para construir metrô na Venezuela
2 Parlamentares reagem a fala de Lula sobre "invadir" residências
3 Janaina Paschoal se sente traída por Geraldo Alckmin: "Facada"
4 Moraes é interrompido em sessão, e Cármen Lúcia o defende
5 Empresários saem preocupados de jantar com Gleisi

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.