Leia também:
X PGR diz ao STF que é contra afastamento e prisão de Salles

Ao STF, Augusto Aras defende governadores na CPI da Covid

PGR enviou manifestação ao Supremo se manifestando favoravelmente à convocação dos políticos

Henrique Gimenes - 10/06/2021 21h16 | atualizado em 11/06/2021 10h12

Procurador-geral da República, Augusto Aras Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

Em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), a Procuradoria-Geral da República deu um parecer favorável à convocação de governadores pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid. De acordo com o documento, o depoimento dos governadores, com objetivo “de fiscalizar a aplicação de recursos federais”, não viola o pacto federativo nem o princípio da separação dos poderes.

O parecer é assinado pelo PGR Augusto Aras e foi encaminhado ao Supremo em uma ação apresentada por 18 governadores dos países. Os políticos decidiram acionar o STF para tentar impedir a convocação pelo Senado.

Para a PGR, a “impossibilidade de convocação do Presidente da República, pelo Congresso Nacional, para prestar depoimento sobre assunto determinado não se estende a governadores de estado e prefeitos, quando estes desempenham a gestão de recursos da União repassados aos estados, [ao] Distrito Federal e [aos] municípios”.

Aras apontou ainda que qualquer pessoa que utilize, guarde, gerencie ou administre bens da União deve prestar contas ao Congresso. Ele explicou que a CPI convocou os governadores para aprofundar sobre o uso de recursos federais e que o colegiado adotou como critério a existência de indícios de irregularidades.

A ação é relatada pela ministra Rosa Weber foi apresentada pelos governadores no final do mês passado.

Leia também1 CPI da Pandemia decide pedir condução coercitiva de Wizard
2 Alexandre Garcia: Não ir à CPI da Covid é quase uma confissão
3 Aziz afirma que CPI vai recorrer para ouvir Wilson Lima
4 CPI: Não querem investigar quem pode ter desviado dinheiro, diz Bolsonaro
5 Aziz e Renan serão processados por violência contra Dra. Nise

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.