Leia também:
X Silveira sobre STF: “Quem são eles para colocarem mordaça?”

Ao lado de Feliciano, presidente deixa recado para evangélicos

Jair Bolsonaro destacou que os pilares de seu governo são inspirados em valores cristãos

Pleno.News - 19/05/2021 11h54 | atualizado em 07/06/2021 16h14

marco feliciano e presidente jair bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro ao lado do parlamentar Marco Feliciano Foto: Reprodução

Em almoço com o deputado e pastor Marco Feliciano nesta terça-feira (18), o presidente Jair Bolsonaro lembrou os ideais que unem o seu governo aos princípios cristãos. O mandatário deixou um recado para os evangélicos e afirmou que a fé está acima de tudo.

– Uma coisa importunou muito quem está do outro lado: quando na mão, no programa de TV da Globo, escrevi “Deus, pátria e família”. O que nos une realmente é isso aí: o amor à família, o amor à nossa pátria e, obviamente, fé em Deus acima de tudo. Um abraço a todos! – disse o presidente, fazendo menção à sua entrevista ao Jornal Nacional em agosto de 2018, quando o até então candidato à Presidência apareceu com os três dizeres escritos à caneta em sua mão.

O deputado Marco Feliciano lembrou que os evangélicos representam grande parte da população brasileira e negou que o relacionamento do mandatário com este público esteja abalado.

– Aqui, do meu lado, está o nosso presidente, Jair Messias Bolsonaro, que vem sendo muito atacado, e a mídia, sempre mentindo, [vem] dizendo que o relacionamento do senhor com os evangélicos está arranhado. Isso é mentira” – frisou o pastor.

Leia também1 Pazuello se diz "homem comum que tem defendido o país"
2 Evangélicos doam abrigos antibombas para israelenses
3 Ministro Ricardo Salles é alvo de operação da Polícia Federal
4 Jovem desiste de suicídio após encontrar Deus durante culto
5 STF nega pedido de secretária para ficar em silêncio na CPI

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.