Leia também:
X Líderes evangélicos comparecem à posse de André Mendonça

Anvisa pede que crianças sigam em observação após vacina

Agência aprovou a imunização de crianças de 5 a 11 anos de idade

Pleno.News - 16/12/2021 17h15 | atualizado em 16/12/2021 18h01

Anvisa pede que crianças fiquem em observação após vacina Foto: Juan Ignacio Roncoroni /EFE

Nesta quinta-feira (16), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso da vacina da Pfizer contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos. E em sua decisão, o órgão recomendou que as crianças fiquem em observação por pelo menos 20 minutos após a aplicação do imunizante.

A vacina que será aplicada em crianças também será diferente da utilizada em adultos e adolescentes. De acordo com o órgão, menores de 12 anos deverão receber doses com apenas um terço da quantidade aplicada no restante do público. Para isso, a Pfizer deverá produzir frascos diferentes para diferenciar os grupos, sendo usada a cor laranja para crianças e a roxa para adolescentes e adultos.

Outra mudança na dose para crianças é a quantidade de diluente utilizada, que será apenas de 1,3 ml, em vez de 1,8 ml da dose convencional.

A aplicação da vacina da Pfizer em crianças também foi aprovada pela agência reguladora da União Europeia e, em caráter emergencial, pela agência reguladora dos Estados Unidos.

De acordo com a Agência Europeia de Medicamentos (EMA), os efeitos colaterais do imunizante são semelhantes em crianças e adultos: “Dor no local da injeção, cansaço, dor de cabeça, vermelhidão e inchaço no local da injeção, dores musculares e calafrios”.

Leia também1 Anvisa autoriza uso da vacina da Pfizer em crianças de 5 a 11 anos
2 2 doses da CoronaVac e da Pfizer não detêm a Ômicron, diz estudo
3 Cantora Luísa Sonza é dada como morta em cadastro do SUS
4 "Ditadura sanitária", diz Fiuza ao criticar passaporte da vacina
5 Governo de Rondônia oficializa lei que proíbe passaporte vacinal

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.