Leia também:
X Doria informa que irá tomar a CoronaVac no dia 29 de abril

Anitta tenta “lacrar”, mas leva invertida de Salles: ‘Teletubbie’

Ministro rebateu publicação da artista que pediu sua saída do governo Bolsonaro

Pleno.News - 21/04/2021 18h29 | atualizado em 22/04/2021 10h32

Cantora Anitta e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, trocaram farpas nas redes sociais Foto: Arte/Pleno.News

O presidente da República Jair Bolsonaro aproveitou o feriado desta quarta-feira (21), para participar de um almoço na casa do Ministro das Comunicações, Fábio Faria. Após os comes e bebes, o anfitrião postou nas redes sociais uma foto reunindo boa parte do primeiro escalão do governo, todos sem máscara, com a hashtag #FicaSalles.

A publicação é uma defesa do governo ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, também presente no almoço. Ele é hoje alvo de um tuitaço ao qual deu visibilidade na noite de terça-feira (20), quando compartilhou, em tom irônico, a convocação da manifestação virtual por sua saída do cargo e decidiu rebater uma publicação da cantora Anitta.

Após a artista fazer uma publicação com a hashtag #ForaSalles, chamando o ministro de “desserviço” ao meio ambiente, Salles respondeu. “Fica na sua aí, ô Teletubbie!”, escreveu em comentário seguido pela hashtag #FicaSalles, usada por apoiadores do governo em reação ao tuitaço. O movimento acontece ainda um dia antes da Cúpula dos Líderes sobre o Clima, na qual o Brasil tem sido alvo de críticas.

Além de Anitta, o movimento teve adesões no Twitter de políticos da oposição e celebridades, entre nomes como a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva, o compositor e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil e a ativista defensora dos animais Luisa Mell.

Em resposta a Anitta, o secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Jorge Seif Júnior, também aproveitou o almoço de hoje, com costela no cardápio, para demonstrar seu apoio a Salles. Ele postou uma foto dando um beijo em Salles e escreveu: “@Anitta tá com ciúmes? #FicaSalles #BeijoHetero”.

O encontro ministerial desta quarta-feira, dia do aniversário de Brasília, segundo fontes, não teve motivação especial e contou ainda com a breve visita do presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), e do presidente do partido, senador Ciro Nogueira (PI).

*Estadão

Leia também1 Pastores se unem no Planalto e oram pelo presidente Bolsonaro
2 PF intima Boulos por publicação contra o presidente Bolsonaro
3 População convoca grandes protestos para o dia 1º de maio
4 Bolsonaro já reduziu ou zerou imposto de mais de 600 itens
5 Bolsonaro diz a pastores que irá indicar André Mendonça ao STF

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.