Leia também:
X Morre general Newton Cruz, ex-chefe do SNI no regime militar

Anitta bloqueia Bolsonaro no Twitter após ser ironizada

Chefe do Executivo satirizou uma publicação da cantora

Pleno.News - 16/04/2022 22h03 | atualizado em 18/04/2022 10h32

Anitta Foto: EFE / Giorgio Viera

A cantora Anitta demonstrou irritação após ter uma de suas publicações compartilhada pelo presidente Jair Bolsonaro de forma irônica. Como reação, a artista chamou o presidente de “garoto”, pediu para que ele arrumasse “o que fazer”, e bloqueou o perfil do chefe do Executivo de sua rede social.

– Meti logo um block [bloqueio] pra esses adms [administradores] dele não ficarem usando minhas redes sociais pra ganhar buzz [barulho] na internet – declarou a artista.

No post compartilhado pelo presidente, Anitta falava sobre sua escolha de vestir um traje verde e amarelo para se apresentar no festival Coachella, na Califórnia, Estados Unidos. As cores passaram a ser relacionadas aos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro depois que eles as adotaram em seus protestos.

– A bandeira do Brasil e as cores da bandeira do Brasil pertencem aos brasileiros. Representam o Brasil em geral. Ninguém pode se apropriar do significado das cores da bandeira do nosso país. Fim – declarou a cantora.

Em resposta, o perfil do presidente compartilhou a publicação e disse que concordava com ela. No tuíte, o chefe do Executivo escreveu o nome artístico da cantora errado, com apenas um t, em vez de dois. Ele também usou uma série de emojis de bandeiras brasileiras.

Leia também1 Bolsonaro ironiza post de Anitta sobre a bandeira do Brasil
2 Mãe de jornalista esfaqueado sonhou dois dias antes do crime
3 José de Abreu deixa Twitter após decisão do STF: "Censura prévia"
4 Tiago Abravanel fala mal do BBB22 em show: 'O mais flopado'
5 Justiça mantém decisão favorável a Frota contra Sheherazade

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.