Leia também:
X Caso Henry: Monique Medeiros é levada de volta para a prisão

Aliados de Bolsonaro já indicam um novo nome para a Caixa

Pedro Guimarães está sendo acusado de assédio sexual

Monique Mello - 29/06/2022 12h05 | atualizado em 29/06/2022 12h38

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) já teria uma carta na manga para a substituição de Pedro Guimarães na presidência da Caixa Econômica Federal. Pedro é alvo de uma investigação do Ministério Público Federal (MPF), após denúncias de assédio sexual por parte de funcionárias.

De acordo com Igor Gadelha, colunista do Metrópoles – site que divulgou os relatos das mulheres -, aliados do presidente estão defendendo o nome de Daniella Marques Consentino, braço direito do ministro da Economia Paulo Guedes.

Daniella Marques Consentino Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Daniella é formada em administração pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro e tem MBA em Finanças pelo Ibmec. Ela também atuou por 20 anos no mercado financeiro, na área de gestão independente de fundos de investimentos.

Há uma expectativa de que Guimarães deixe o cargo ainda nesta quarta-feira (29).

Leia também1 Pedro Guimarães é acusado de assediar funcionárias da Caixa
2 Caso Henry: Monique Medeiros é levada de volta para a prisão
3 Ex-guarda nazista de 101 anos é condenado por atos na 2ª Guerra
4 Israel flexibiliza etapas para acesso ao aborto no país
5 Twitter é condenado por banir Fernando Lisboa da plataforma

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.