Leia também:
X TSE mantém investigação de Bolsonaro por reunião com embaixadores

Alexandre Frota cobra punição de quem depredou Brasília

O deputado Eduardo Bolsonaro acredita que pessoas infiltradas destruíram carros e ônibus para prejudicar os apoiadores do presidente

Leiliane Lopes - 13/12/2022 22h07 | atualizado em 14/12/2022 12h12

Deputado federal Alexandre Frota Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O deputado federal Alexandre Frota (Pros-SP) comentou na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (13), sobre os protestos violentos que aconteceram na noite desta segunda (12) em Brasília (DF) e cobrou a punição de todos os envolvidos.

– Esta Casa tem que se fazer presente para punir esses vândalos criminosos que fizeram essas ações ontem – disse.

Dez carros e dois ônibus foram queimados por manifestantes e o assunto foi debatido pelos parlamentares.

O deputado Marx Beltrão (PP-AL) disse que é testemunha ocular do que aconteceu na capital e se mostrou surpreso.

– Passaram várias pessoas com bandeiras na mão, jogando pedras, jogando pau, ateando fogo em veículos, causando pânico em quem lá estava presente, ameaçando inclusive as pessoas (…). O que aconteceu ontem foi que alguns criminosos fizeram manifestações com atos de total terrorismo – declarou.

Deputados do PT e do PSOL aproveitaram o tema para criticar apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) que há mais de 40 dias protestam contra a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na porta do Quartel General do Exército de forma pacífica e sem registros de vandalismo.

– Essa gente quer golpe de Estado. Essa gente quer que não seja respeitada a eleição, que voltemos a 1964, que os generais comandem, quer a tortura, a bandidagem, a opressão sobre o povo, o desaparecimento político – declarou o deputado Ivan Valente (PSOL-SP).

O deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) estava na Câmara e defendeu que nenhum dos ataques foram feitos pelos apoiadores do presidente.

– Os caras que estavam lá ontem tinham máscaras. A ânsia deles em querer dizer que isso tudo daí foi obra da direita, de bolsonarista, só corrobora a nossa suspeita de que realmente foi algo feito por infiltrados – defendeu.

Leia também1 TSE mantém investigação de Bolsonaro por reunião com embaixadores
2 Dólar à vista termina em alta após nomeação de Mercadante
3 Lula deve mudar Lei das Estatais para Mercadante ficar no BNDES
4 Jovem Pan afasta apresentador que debochou de Moraes
5 Em festa, Janja elogia Moraes por seus feitos pela democracia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.