Leia também:
X Alesp derruba veto de Doria, e igrejas se tornam essenciais

Alexandre de Moraes recebe relatório final da CPI da Covid

Grupo de parlamentares entregou o documento ao ministro do Supremo Tribunal Federal

Henrique Gimenes - 27/10/2021 16h44 | atualizado em 27/10/2021 17h05

Ministro Alexandre de Moraes recebendo o relatório final da CPI da Covid Rosinei Coutinho/SCO/STF

Na tarde desta quarta-feira (27), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, recebeu o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid. O documento foi entregue pessoalmente por um grupo de parlamentares.

O texto, aprovado por 7 votos a 4 na noite de terça-feira (26), pede o indiciamento de 78 pessoas e de duas empresas. Um dos nomes na lista é o do presidente Jair Bolsonaro.

Após a entrega do documento ao ministro, o vice-presidente da CPI, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), falou sobre o encontro com Moraes.

– Viemos agradecer o compartilhamento de informações sobre fake news, dar notícia sobre os dois depoimentos que recolhemos de [empresários bolsonaristas Luciano] Hang e [Otávio] Fakhoury e sobre medida cautelar que interpusemos sobre a última live do presidente da República [em que ele associou vacinas contra a Covid à Aids], a qual o ministro nos informou [de] que já está sobre a mesa, para os devidos despachos – afirmou.

Parlamentares entregaram o relatório final da CPI da Covid ao ministro Alexandre de Moraes, do STF Foto: Pedro França/Agência Senado

O documento ainda deverá ser entregue ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Leia também1 CPI da Covid: Parlamentares entregam relatório final a Aras
2 Veja como votou cada senador sobre o relatório final da CPI
3 Bolsonaro diz que CPI prejudicou visão sobre o Brasil no exterior
4 CPI aprova relatório final com 80 pedidos de indiciamento
5 Donald Trump envia mensagem oficial de apoio a Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.