Leia também:
X Tornozeleira: Justiça terá que procurar Flordelis em Brasília

Alerj vota pelo impeachment de Wilson Witzel nesta quarta-feira

O prosseguimento da denúncia depende de 47 votos para ser aprovado

Rafael Ramos - 23/09/2020 12h09

Witzel poderá se defender antes do início da votação do impeachment Foto: Reprodução

A votação do impeachment do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, acontece nesta quarta-feira (23), com início previsto para às 15h, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). O prosseguimento da denúncia depende de 47 votos para ser aprovado.

Cada um dos 25 partidos terá uma hora para falar, assim como a defesa do governador. No total, serão 70 deputados estaduais no plenário, o que pode estender a votação por mais de um dia. Caso não seja necessário, o processo será encerrado hoje mesmo.

Em caso favorável, a denúncia será encaminhada ao Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), que irá compor uma comissão mista de julgamento para dar a palavra final sobre a cassação de Witzel em até 180 dias. A comissão será formada por cinco desembargadores sorteados e cinco deputados estaduais que serão eleitos pela Alerj no dia 29 deste mês.

Antes da abertura da votação, Witzel terá a oportunidade de rebater as acusações movidas contra ele. Em caso de saída, o vice-governador Cláudio Castro será efetivado no cargo, que já vem tocando em exercício.

Leia também1 Eleições 2020: Saiba quem são os candidatos a prefeito do RJ
2 Crítico do STF, Otoni garante que "enfrenta qualquer represália"
3 Witzel diz que sua história está começando: 'Jamais renunciarei'
4 PGR acusa Wilson Witzel de criar rachadinha com verba da Saúde
5 Witzel diz receber com 'respeito e tranquilidade' decisão da Alerj

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.